Florença, Itália: conheça os encantos e pontos turísticos do local!

02 ago 2022 • 10 minutos de leitura por danielcosenza

Está planejando uma viagem por Florença, Itália? Este artigo foi feito sob medida para você, com todas as informações que você precisa para montar o seu roteiro!

Destino que exala arte, cultura e boa gastronomia, a cidade é berço do renascentismo e mais parece um museu a céu aberto, com construções com séculos de história, galerias de arte renomadas mundialmente e praças monumentais.

A cada esquina, de todos os ângulos, o visitante se depara com um cenário de cair o queixo, como o impressionante Duomo de Florença, a belíssima Ponte Vecchio e muitos outros cartões-postais imperdíveis.

Para que você não perca nada durante sua viagem, montamos um guia com as atrações mais famosas e dicas para aproveitar ainda mais sua passagem por Florença! Veja só!

Florença, Itália: pontos turísticos e dicas de viagem!

Ao longo dos séculos, a cidade de Florença fez por onde merecer o apelido de Casa das Artes.

Por ali circularam gênios como Dante, Leonardo da Vinci e Michelangelo, cujas artes ainda estão preservadas nos espetaculares museus florentinos, como a Galleria dgli Uffizi e Galleria dell’Accademia.

Fundada pelos romanos no século IV a.C, a capital de Toscana se orgulha de ser considerada uma das cidades mais bonitas do mundo e guarda 30% dos tesouros da humanidade, de acordo com a Unesco.

Casa de pouco menos de 400 mil habitantes, a cidade de Firenze parece um recorte de livro de história, por onde é possível encontrar igrejas milenares, palácios com um quê de conto de fadas, pontes ancestrais e outras belezas.

Estranhou o nome e quer saber qual a diferença entre Florença e Firenze? A resposta é simples: nenhuma! São apenas nomes distintos dados à mesma cidade, em português e italiano, respectivamente, como Milão e Milano, por exemplo.

Além dessa curiosidade, este artigo traz muitas outras informações a respeito de um dos destinos mais imperdíveis da Europa, confira!

Onde fica Florença

Onde fica Florença
Fonte: Pexels

Berço da Renascença, como é conhecida a cidade de Florença, a capital da Toscana foi construída às margens do rio Arno por romanos em meados de 395 a.C., sobre as ruínas de um antigo acampamento etrusco. 

A capital da Itália, Roma, está 273 km ao sul de Firenze, enquanto a costa do Mar da Ligúria fica a apenas 78 km de distância.

Florença: mapa

A cidade tem localização estratégica para quem deseja visitar outros cenários famosos da Itália, como Pisa (115 km), Bolonha (117 km), Veneza (268 km) e Milão (315 km).

Apesar de ser a capital da província, a cidade é relativamente pequena e o que facilita a exploração do local a pé, de bicicleta ou ônibus.

Confira onde fica Florença no mapa!

Como ir para Florença?

Embora não haja oferta de voos diretos do Brasil para Florença, muitas companhias aéreas oferecem voos com conexões via Paris, Frankfurt e Roma, entre outras cidades europeias, até a capital da Toscana.

O desembarque acontece no Aeroporto Internacional Amerigo Vespucci, a 5 km do centro histórico: para deixar o aeroporto, você pode optar entre ônibus (com desembarque na Via Santa Caterina da Siena), taxi ou aluguel de carro.

Se você já estiver viajando pela Europa, também é possível visitar Florença de trem ou ônibus, a partir de cidades como Pisa e Siena. 

Seja a viagem ferroviária ou rodoviária, o desembarque acontece na Estação Santa Maria Novella, a apenas 1km do Duomo, no centro da cidade.

Para encontrar passagens aéreas para Florença, Itália, mais baratas, faça sua pesquisa de preços no Passagens Promo: você só precisa digitar as cidades de origem e destino, selecionar as datas da viagem e escolher a melhor oferta.

Não se esqueça de ativar o alerta de preços para não perder nenhuma promoção para a capital da Toscana ou qualquer outro destino!

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Quando ir para Florença?

Quando ir para Florença?
Fonte: Pexels

Florença, Itália, é uma cidade em que as estações do ano são muito bem-definidas, onde o verão é quente e seco, os invernos são gelados e úmidos, e as estações intermediárias têm clima ameno.

Na prática, isso quer dizer que o inverno é uma época pouco indicada para turismo, pois entre dezembro e fevereiro os dias são mais curtos, os termômetros ficam em torno de 0ºC, chove bastante e muitos restaurantes, hotéis e atrativos turísticos fecham as portas.

O verão, por sua vez, é muito quente, com máximas de até 40ºC entre junho e agosto. Nessa época, a cidade fica lotada de turistas do mundo todo, os hotéis elevam os preços das diárias e os pontos turísticos podem ter longas filas.

Desse modo, a época mais recomendada para visitar a cidade é a meia estação, seja o outono (de setembro a dezembro) ou a primavera (março a junho), quando as temperaturas estão mais agradáveis, o sol demora mais a se pôr e a cidade está menos cheia.

Onde ficar em Florença, Itália?

Diferentemente de muitos destinos famosos da Europa, os hotéis em Florença, Itália, não ficam concentrados exclusivamente no centro histórico.

Além da Cidade Velha, você encontrará boas opções de hospedagem nas regiões de Oltrarno, Porta Al Prato, Campo di Marte e Piazzale Michelangelo, cada uma delas com suas próprias vantagens e desvantagens.

Oltrarno, por exemplo, fica próximo ao Palazzo Pitti e ao rio Arno, a 10 minutos do centro histórico. Como o bairro é residencial, ali você poderá curtir uma experiência florentina mais genuína, com muitos barzinhos por perto e sem multidões de turistas pelas ruas.

Se você prefere um bairro mais tranquilo, pode gostar de Porta Al Prato, que recebeu esse nome por abrigar o antigo portão que dava acesso à cidade durante a Idade Média. Apesar de ficar a 15 minutos do centro histórico, a região tem fácil acesso a ônibus.

Caso você faça parte do time que não gosta de badalação e só quer saber de sossego, pode ser melhor ficar em Campo di Marte, a 2 km do centro histórico. 

Os hotéis dessa região são bem mais baratos e você poderá chegar às atrações do centro histórico em apenas 5 minutos de trem, com embarque na estação de trem Firenze Campo di Marte e desembarque na estação Santa Maria Novella.

Quem fica em Piazzale Michelangelo, por sua vez, pode desfrutar da vista mais bonita de Florença: o bairro fica no ponto mais alto da cidade e oferece vista panorâmica do centro histórico, que fica a apenas 10 minutos de caminhada.

Onde se hospedar em Florença, Itália, pagando pouco?

Onde se hospedar em Florença, Itália, pagando pouco?
Fonte: Hotel Villa la Stella

Você não precisa comprometer seu orçamento de viagem para encontrar o melhor hotel em Florença, Itália. Basta fazer sua pesquisa e reserva de hospedagem no El Quarto.

Nosso sistema exclusivo reúne milhares de acomodações a preços exclusivos em Firenze e nos principais destinos turísticos do mundo.

Além de encontrar opções com cancelamento gratuito, você pode pagar suas diárias online e em reais, sem incidência de IOF.

Faça uma cotação gratuita e descubra que você pode visitar o Berço do Renascimento sem pesar no bolso!

Florença Itália: pontos turísticos

Não importa quanto tempo você esteja pensando em ficar na cidade, existem certas atrações que simplesmente não podem ficar de fora do seu roteiro.

A lista inclui Patrimônios da Humanidade, praças, igrejas e algumas das mais importantes galerias de arte do planeta.

Confira o que fazer em Florença, Itália!

Galleria degli Uffizi 

Entre todos os museus de Florença, Itália, nenhum é mais importante que a Galleria degli Uffizi, onde estão expostas obras dos maiores nomes do Renascimento, como Leonardo da Vinci, Boticelli, Michelangelo, Tiziano e Rafael.

O belíssimo prédio foi construído no século XVI, a pedido da família Medici, e costuma ser a atração mais disputada da cidade, especialmente no verão, quando longas filas formam-se por ali.

Por isso, a melhor alternativa é garantir seus ingressos antecipadamente através do site oficial do museu.

Complexo Monumental do Palácio de Pitti 

Complexo Monumental do Palacio de Pitti
Fonte: Sailko / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

O Complexo Monumental do Palácio de Pitti, ou simplesmente Palazzo Pitti, serviu como residência oficial de três dinastias desde sua construção, na primeira metade do século XVI.

O passeio inclui visitas ao palácio, aos Jardins de Bóboli e à Galeria Palatina, com duração média de 4 horas. 

Vale a pena comprar os ingressos antecipadamente pela internet e chegar cedo para aproveitar ainda mais o passeio!

Galleria dell’Accademia 

O edifício que abrigou a primeira Academia de Belas Artes da Europa foi convertido em museu em 1873 e, desde então, tornou- se uma das principais atrações turísticas em Florença, Itália.

A Galleria dell’Accademia abriga em seu acervo obras dos principais artistas do Renascentismo, com destaque para a Estátua de Davi de Michelangelo e a peça “Madonna do Mar”, de Botticelli.

Praças de Florença

Em uma cidade que mais parece um museu a céu aberto, até mesmo as praças são atrações turísticas à parte.

A Piazza della Signoria, por exemplo, foi inaugurada no século XIV e está entre as mais importantes da cidade. 

Ali, você encontra mais de uma dúzia de esculturas e monumentos incríveis, como a obra Ratto delle Sabine (1583), além de várias atrações famosas, incluindo a Fontana del Nettuno, o Museu Gucci e o Palazzo Vecchio.

Se você gosta de ir às compras e, de quebra, conhecer lugares com séculos de história, vale a pena visitar a Piazza del Mercato Nuovo, onde fica o Mercato della Paglia, e a Piazza dei Ciompi, endereço do Mercado de Pulgas de Florença.

Bem no centro da cidade fica a Piazza della Repubblica, construída durante o Império Romano, onde ficava o fórum e o mercado da cidade na Idade Média.

Para uma experiência ainda mais genuína em uma das praças florentinas, não deixe de visitar a Piazza San Spirito, cheia de cafés e barzinhos famosos, além de abrigar a Basílica di San Sprito.

Catedral de Santa Maria del Fiore 

Catedral de Santa Maria del Fiore

Também conhecida como Duomo di Firenze, a Catedral de Santa Maria del Fiore é não apenas o principal cartão-postal da cidade, mas também uma das construções mais monumentais do centro histórico de Florença, Itália. 

Uma das maiores catedrais góticas do mundo, a igreja levou mais de 100 anos para ser construída e contou com intervenções de grandes nomes da arte e da arquitetura, como Brunelleschi, Di Cambio e Talenti.

A atração é gratuita e, por isso, costuma estar sempre lotada de turistas. Para visitar também o Campanário de Giotto, o Museu da Catedral, o Batistério de São João e outras estruturas da catedral, no entanto, é preciso adquirir ingresso.

Basílica di Santa Croce 

Passeio em Florença simplesmente imperdível, a Basílica di Santa Croce é uma das igrejas mais antigas da Itália, inaugurada no século XIII.

Maior igreja franciscana do planeta, o templo é também conhecido como Panteão das Glórias Italianas e abriga os túmulos dos maiores nomes do Renascentismo, como Michelangelo, Maquiavel, Galileu e Dante Alighieri.   

No local, você poderá conhecer 16 capelas decoradas com afrescos do artista italiano Giotto e um pequeno museu.

Ponte Vecchio 

Primeira ponte da cidade, inaugurada em 1218, a Ponte Vecchio é tão importante que foi até poupada de bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial.

Hoje, o local é ocupado por joalherias e artesãos que oferecem seus trabalhos a turistas do mundo inteiro.

A arquitetura em arcos fica ainda mais bonita à noite, quando ganha iluminação diferenciada. Aproveite para chegar um pouco mais cedo para admirar o pôr do sol sobre as montanhas da Toscana.

Basílica di San Lorenzo 

Basílica di San Lorenzo
Fonte: Peter K Burian / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Mais antiga igreja da cidade e um dos principais pontos turísticos em Florença, Itália, a Basílica di San Lorenzo foi consagrada em 393 d.C. e passou por uma extensiva reconstrução no século XIV, a mando da família Medici.

Desde então, a igreja ganhou desenhos de Brunelleschi, esculturas de Michelangelo e peças de bronze assinadas por Donatello. 

Além disso, os visitantes também podem conhecer a impressionante Biblioteca Laurenziana, que guarda mais de 10 mil manuscritos que pertenceram aos Medici.

Onde comer em Florença, Itália?

Assim como em outros cantos do país, encontrar onde comer bem e barato em Florença, Itália, é relativamente fácil. Por toda a cidade é possível encontrar restaurantes, cantinas e cafés cheios de charme, com verdadeiras delícias em seus menus.

A maior concentração de opções gastronômicas fica no centro histórico, com destaque para os arredores da Ponte Vecchio e da Piazza della Signoria.

Você também vai encontrar bons restaurantes com preços acessíveis no Mercado Central de San Lorenzo.

O que fazer em Florença em 1 dia?

Em apenas um dia de viagem você não conseguirá fazer um roteiro extenso, incluindo tantos pontos turísticos quanto um roteiro com o que fazer em 4 dias em Florença, mas certamente poderá conhecer algumas das atrações mais famosas da cidade.

Nessa hipótese, o melhor caminho para o viajante é concentrar seus passeios na região do centro histórico.

Comece sua visita pelas atrações da Piazza della Signoria. Assim, você vai economizar tempo de deslocamento, pois existem várias atrações interessantes na mesma região, como o Museu Gucci, a Fonte de Netuno e o Palazzo Vecchio.

Em seguida, visite a Galleria degli Uffizi e Galleria dell’Accademia para conhecer as peças mais importantes da cidade.

Para finalizar seu passeio, nada melhor que visitar a Catedral de Santa Maria del Fiore e assistir ao pôr do sol da Ponte Vecchio. 

Se você tiver mais tempo disponível, aproveite para fazer o passeio pelo Complexo Monumental do Palácio de Pitti, que demora ao menos 4 horas para ser concluído, e monte um roteiro pelas praças mais famosas da cidade.

O seguro viagem é obrigatório na Itália!

Não se esqueça de que o seguro viagem é obrigatório para quem deseja visitar a Itália e os principais destinos da Europa. Sem o item, você pode nem ser autorizado a embarcar para a sua viagem!

Além de assegurar que você atende às exigências das autoridades italianas, o seguro viagem protege o viajante em diferentes cenários, como acidentes, problemas de saúde, extravio de bagagem e cancelamento de voo.

Assim, você pode curtir a sua viagem com a tranquilidade de quem sabe que não vai voltar com prejuízo para casa.

Para economizar no seu seguro viagem, recomendamos que você faça uma cotação gratuita no Seguros Promo, que te ajuda a comparar preços e coberturas das melhores seguradoras do mercado.

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

Encontre hospedagem em Florença, Itália, pelo menor preço!

Que tal começar a planejar sua viagem pelo Berço do Renascimento agora mesmo de forma acessível e econômica? Visite o El Quarto para encontrar onde se hospedar em Florença, Itália, pelo menor preço!

Você só precisa digitar a cidade que vai visitar e selecionar as datas da viagem para encontrar as melhores ofertas de hospedagem!

Faça uma cotação gratuita e descubra que visitar um dos melhores destinos da Itália pode sair mais barato do que você pensa!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.