Lençóis, Bahia: guia completo para o viajante!

28 ago 2022 • 9 minutos de leitura por rafael.alef

Considerada a “capital” da Chapada Diamantina, Lençóis, Bahia, é um destino formidável, onde a grande protagonista é a natureza, em todas as suas formas.

A cidade recebe anualmente milhares de turistas interessados em explorar as trilhas e cachoeiras da região, garantindo a infraestrutura necessária para que os visitantes tenham todo o conforto que precisam durante a viagem.

Em outras palavras, além de fácil acesso às maravilhas naturais da Chapada Diamantina, a cidade também oferece hotéis confortáveis, bons restaurantes, agências de turismo e lojas para seus turistas.

Quer mais? A cidade também é tombada como Patrimônio Histórico pelo Iphan por sua importância no ciclo do diamante a partir do século XIX, e está cheia de construções antigas!

Neste artigo, você vai descobrir como chegar, quando visitar, onde ficar, o que fazer e muitas outras dicas para aproveitar ainda mais a sua viagem à Lençóis. Vamos lá!

Lençóis, Bahia: o que fazer durante a sua viagem pela cidade?

Lençóis, Bahia: o que fazer durante a sua viagem pela cidade?
Fonte: Boa Viagem Tropical / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Principal porta de entrada para quem deseja explorar as belezas da Chapada Diamantina, Lençóis, na Bahia, foi fundada no começo do século XIX por exploradores em busca dos diamantes que rolavam rio abaixo na região.

Não demorou muito até a região se desenvolver e prosperar: Lençóis quase foi transformada na capital baiana, tamanha sua importância econômica.

Se a cidade não ganhou protagonismo político, o mesmo não aconteceu com o turismo. 

A boa estrutura, proporcionada pela riqueza oriunda dos diamantes, fez com que o município logo se transformasse em referência urbana na região da Chapada Diamantina.

Hoje, Lençóis se destaca pela excelente infraestrutura turística, onde o viajante pode encontrar tudo que precisa no decorrer da sua viagem, além de ficar em uma localização privilegiada, com fácil acesso às belezas da Chapada.

Afinal, bastam passeios curtos para chegar a corredeiras, piscinas naturais, cachoeiras, rios, nascentes, mirantes e outras atrações perfeitas para quem gosta de contato com a natureza.

Onde fica Lençóis?

Muitos viajantes acabam se confundindo sobre em que estado fica a cidade de Lençóis, mas vale pontuar que não estamos falando do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, e sim de um município do interior da Bahia.

Lençóis fica 430 km ao leste de Salvador, pertinho dos municípios de Mucugê (146 km), Itaberaba (140 km) e Ibotirama (260 km).

Mapa de Lençóis, Bahia

Com pouco menos de 12 mil habitantes, essa charmosa cidade baiana é pacata, tranquila e pequena, mas não se iluda: você vai precisar de um carro para visitar as atrações mais conhecidas, que ficam distantes do centrinho.

Confira onde estão os pontos turísticos mais imperdíveis no mapa de Lençóis, Bahia! 

Lençóis, Bahia: como ir?

Se você já está se perguntando qual o aeroporto mais próximo de Lençóis, Bahia, para começar a planejar a sua viagem, eis aqui uma boa notícia.

A cidade tem seu próprio aeroporto, situado a 24 km do centro, que recebe voos regulares da companhia aérea Azul a partir de Salvador. Ou seja, se você não mora na capital baiana, precisará voar até lá para, depois, finalizar sua viagem até Lençóis.

Você pode comprar passagens aéreas mais baratas para a Bahia no Passagens Promo: basta digitar as cidades de origem e destino na barra de pesquisa, escolher as datas de ida e volta, e pronto. A plataforma te mostra as melhores ofertas.

Aproveite para acionar o alerta de preços para não perder nenhuma promoção para o destino que você procura!

Caso você prefira viajar de ônibus, a viação Real Expresso/Rápido Federal opera três viagens diárias a partir de Salvador, com duração média de 7 horas. A empresa também oferece viagens via São Paulo ou Brasília.

Muitos viajantes optam, ainda, por viajar de carro até a Chapada Diamantina. Nesse caso, é necessário seguir a partir de Salvador até Feira de Santana pela BR-324, pegar o entroncamento com a BR-116 e, depois, a BA-052 até a cidade de Ipirá. 

Em seguida, o motorista deve seguir pela BA-233 até o município de Itaberaba, pegar a BR-242 e, finalmente, seguir a BA-144 até a cidade de Lençóis 

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Quando ir para Lençóis?

Quando ir para Lençóis?
Fonte: Rafa Delongo / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Você poderá visitar Lençóis, Bahia, e as atrações da Chapada Diamantina em qualquer época do ano, mas alguns detalhes podem te ajudar a escolher a melhor data para a sua viagem.

O clima na região é dividido em duas estações: a chuvosa, que vai de novembro a março, e a seca, de maio a setembro.

A temporada chuvosa é a mais quente e permite que o visitante encontre rios e cachoeiras com volume máximo. 

No entanto, as trilhas ficam mais escorregadias e até perigosas, enquanto o banho de cachoeira pode ser dificultado pelo intenso volume de água.

No período seco, as temperaturas mínimas têm queda e pode ficar em torno de 10ºC à noite, embora os dias sejam amenos e facilitem passeios sob o sol.

Nessa época, as trilhas ficam mais seguras, embora o volume de água dos rios diminua bastante. Além disso, o banhista vai precisar de um pouco mais de coragem para encarar mergulhos nas águas geladas das cachoeiras da Chapada Diamantina.

Vale lembrar que, se a sua intenção é conhecer o espetáculo dos fachos de luz no Poço Encantado e no Poço Azul, você deve visitar a região entre abril e setembro.

Quer escapar da alta temporada? Evite programar sua viagem no mês de julho e entre dezembro e fevereiro, bem como feriados prolongados, como Carnaval, Semana Santa, São João e Réveillon.

Onde ficar em Lençóis?

Escolher onde ficar em Lençóis é relativamente fácil, pois a cidade conta com uma extensa rede de pousadas e hotéis em diferentes faixas de preço.

A partir de Lençóis você poderá contratar passeios em agências turísticas, conhecer atrações históricas e usufruir da boa infraestrutura da cidade conhecida como Capital da Chapada Diamantina.

O melhor lugar para ficar na cidade é o centro. Desse modo, você estará próximo a restaurantes, bares, lojas, locadoras de carro e agências turísticas.

Existem também algumas opções de hospedagem nos arredores do centro e no distrito de Tanquinho, a 20 km do centro, onde fica o Aeroporto de Lençóis: uma boa opção para quem está de carro e prefere economizar na hospedagem.

Lençóis, Bahia: hospedagem barata é no El Quarto!

Lençóis, Bahia: hospedagem barata é no El Quarto!
Fonte: Pxhere / CC0

Você não precisa comprometer seu orçamento de viagem para encontrar a melhor hospedagem em Lençóis, Bahia. 

O El Quarto pode te ajudar a reservar o hotel perfeito para a sua estadia com toda a economia que você merece.

A plataforma inovadora do El Quarto reúne milhares de acomodações a preços exclusivos, incluindo opções com cancelamento gratuito, para que você possa viajar muito e gastar pouco.

O viajante consegue comparar preços, reservar quartos e até pagar as diárias em poucos cliques, com segurança e eficiência.

Faça uma simulação para descobrir que você não precisa gastar muito para conhecer as belezas da Chapada Diamantina.

O que fazer em Lençóis

Existe muito a se fazer em Lençóis, por isso, a melhor alternativa é montar um roteiro com as atrações que você não quer perder.

Vem descobrir o que fazer em Lençóis, Bahia! 

Centro histórico

O centro histórico de Lençóis é repleto de construções do século XIX, erguidas durante o auge do ciclo dos diamantes na região.

Ali, você poderá conhecer um pouco mais da arquitetura colonial, visitar lojas instaladas em casarões históricos e explorar cenários tradicionais da cidade, como a Praça Horácio de Mattos, a Casa de Cultura Afrânio Peixoto e o Mercado Cultural.

Aproveite para caminhar pelas ruas de pedra com casinhas coloridas e tirar muitas fotos para o seu álbum de viagem.

É também no centro histórico que estão as melhores atrações noturnas de Lençóis, como os bares, as cachaçarias, as boates e os restaurantes das ruas das Pedras e da Baderna.

Ribeirão do Meio 

Ribeirão do Meio
Fonte: Taypapas / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Cartão-postal de Lençóis, Bahia, o Ribeirão do Meio pode ser comparado a um parque aquático construído pela própria natureza.

O rio de águas cristalinas escorre por uma queda d’água que forma uma espécie de tobogã natural, por onde o rio desliza até desaguar em um grande poço perfeito para banho.

A trilha até o Ribeirão do Meio tem cerca de 3,5 km a partir do centro de Lençóis e tem nível de dificuldade leve.

Parque Municipal da Muritiba 

Pertinho do centro histórico fica o Parque Municipal da Muritiba, um complexo com trilhas, cachoeiras, poços, dunas e mirantes que pode render um passeio incrível.

O passeio pelo parque começa às margens do rio Serrano, onde você encontrará piscinas naturais e caldeirões para banho com vista da mata que se assemelham a jacuzzis moldadas pela própria natureza.

Seguindo pelo rio, o viajante chega ao Salão de Areias Coloridas, pontilhado por formações rochosas inusitadas, túneis, cavernas, grutas e arenitos em processo de erosão que dão origem a areias de todas as cores.

O circuito do Parque Municipal da Muritiba inclui, ainda, o Poço Halley, um belíssimo mirante com vista da cidade, a Cachoeirinha e a Cachoeira Primavera.

A trilha que percorre todo o parque tem 4 km de extensão e é de fácil acesso. Não se esqueça de levar uma mochila com água e um lanche para matar a fome e a sede durante o passeio.

Cachoeira do Sossego 

Se você precisar escolher apenas uma cachoeira para conhecer durante a sua viagem, a Cachoeira do Sossego seria a melhor opção.

Situada a 4 km do Ribeirão do Meio, a cachoeira tem uma queda d’água majestosa, com 20 metros de altura, e um ótimo poço para banho cercado pela mata nativa.

Vale a pena contratar um guia para chegar à Cachoeira do Sossego, pois a trilha é de nível moderado e não conta com nenhuma sinalização.

Poço do Diabo 

Poço do Diabo
Fonte: Dramatizar / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Você vai precisar de carro para chegar ao Poço do Diabo, que fica a 18 km do centrinho de Lençóis, mas, acredite, o esforço vale a pena.

O poço fica no rio Mucugezinho, ao final de uma queda d’água com 20 metros de altura. 

Além das águas profundas e cristalinas, você também encontrará espaços para a prática de tirolesa e rapel.

O complexo inclui também uma boa estrutura para os visitantes, com estacionamento, banheiros e até um pequeno restaurante.

Cachoeira do Mosquito 

Uma das cachoeiras mais altas da Chapada Diamantina, a Cachoeira do Mosquito tem 70 metros de altura e fica a 40 km do centro de Lençóis. Isto é, você vai precisar de carro para chegar até lá.

A cachoeira recebeu esse nome inusitado por conta dos pequenos diamantes que foram encontrados abundantemente na região, chamados pelos garimpeiros de “mosquitinhos”.

A trilha até a queda d’água é fácil e leva cerca de 30 minutos. No caminho, você passará por um belo mirante com vista da mata e da cascata, além de poços d’água adequados para banho.

Cachoeira da Fumaça 

Situada a 16 km de Lençóis, a Cachoeira da Fumaça é uma das mais bonitas da Chapada Diamantina, com nada menos que 340 metros de queda d’água rodeada por paredões rochosos.

A força da água é tão grande que a cachoeira não é adequada para banho: você só poderá nadar na outra cachoeira do percurso, conhecida como Riachinho.

Mesmo assim, a trilha está entre as mais famosas e difíceis da região, recomendada apenas para trilheiros experientes, de preferência na companhia de um guia que conheça a área.

Morro do Pai Inácio 

Morro do Pai Inácio
Fonte: Rodolfo Bazetto / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

O Morro do Pai Inácio não pode ficar de fora de nenhum roteiro pela Chapada Diamantina, pois oferece as vistas mais bonitas da região.

Do alto do morro você conseguirá avistar inúmeros morros, cachoeiras e cenários naturais deslumbrantes.

Para chegar até lá, basta percorrer 30 km a partir de Lençóis até Palmeiras. Depois, é só subir uma escadaria de pedra (que pode ser concluída em cerca de 20 minutos) e curtir o visual paradisíaco.

Se você estiver pensando em assistir ao pôr do sol do alto do Morro do Pai Inácio, não se esqueça de levar uma lanterna para iluminar a descida de volta ao carro.

O que fazer em Lençóis em 1 dia?

Muitos passeios na Capital da Chapada Diamantina podem ser feitos a pé, mas quem tem pouco tempo na cidade precisa planejar bem seu roteiro para aproveitar o máximo possível.

Comece seu roteiro com um passeio pelo centro histórico e, em seguida, visite o Parque Municipal da Muritiba

Lá, você poderá conhecer o rio Serrano, o Salão de Areias Coloridas, o Poço Halley, cachoeiras e mirantes em pouco tempo.

Depois, é só voltar para o centro histórico para matar a fome em um dos restaurantes e bares da rua da Baderna ou da rua das Pedras.

Resolveu estender sua estadia e procura o que fazer em Lençóis em 2 dias? Nesse caso, você pode aproveitar para fazer um passeio bate-volta a partir da cidade.

Uma boa dica é contratar um passeio com agência turística que inclua atrações próximas em um único dia de viagem, como o Poço do Diabo, a Cachoeira do Mosquito e os poços Encantado e Azul.

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

A melhor hospedagem em Lençóis, BA, está no El Quarto!

Gostou de conhecer as atrações de Lençóis, Bahia? Então o que você está esperando para visitar o El Quarto e garantir sua hospedagem na Chapada Diamantina por um preço que cabe no seu bolso?

Você pode comparar ofertas exclusivas, reservar acomodações e até pagar suas diárias online, com eficiência e segurança.

Faça uma simulação gratuita e comece a planejar agora mesmo uma viagem inesquecível por uma das regiões mais bonitas do Brasil!


Continue sua leitura!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.