Mendoza: saiba mais sobre o destino argentino!

21 jul 2022 • 9 minutos de leitura por rafael.alef

A cidade de Mendoza é como um pedacinho da Europa na América do Sul: um destino versátil que costuma encantar seus visitantes logo à primeira vista.

Cidade argentina famosa pelas vinícolas, o município tem a paisagem marcada por extensos vinhedos, montanhas de pico nevado e construções fotogênicas.

O tempo parece até passar mais devagar nessa cidade repleta de spas, estações de esqui e restaurantes premiados, que servem os melhores pratos da gastronomia argentina.

Gostou da descrição e quer incluir a cidade em seus planos de viagem? Este é o artigo perfeito para você.

Montamos um super guia com tudo que você precisa saber sobre o destino! Veja só!

O que fazer durante a sua viagem em Mendoza?

O que fazer durante a sua viagem em Mendoza?
Fonte: Pxhere / CC0

Casa do imponente Monte Aconcágua, a maior montanha do mundo fora da Ásia, Mendoza, Argentina, já faz parte do roteiro dos sonhos de aventureiros de todos os cantos há muito tempo.

Afinal, poucos locais da América do Sul são tão propícios para atividades de aventura, como esqui, escalada e trekking, quanto esse apaixonante município argentino.

Mas não pense que você precisa ser um aventureiro para curtir tudo que a cidade tem a oferecer. Pelo contrário, existem ainda mais opções de lazer e turismo para quem deseja apenas relaxar e curtir as merecidas férias.

São mais de 1.200 vinícolas e vinhedos, boa parte com as portas abertas à visitação pública, roteiros de degustação e até mesmo a hospedagem.

Além disso, você poderá se divertir no verdejante Parque Provincial Aconcágua e no Parque General San Martín, conhecer as atrações históricas da Plaza Independência e recarregar as energias nas Termas Cacheuta.

Difícil mesmo será não se encantar por um dos destinos mais incríveis da América do Sul!

Onde fica Mendoza?

A cidade de Mendoza é a capital da província de mesmo nome, localizada no centro-oeste do país, a apenas 110 km da divisa com o Chile.

Apesar de ficar a mais de 1.050 km de Buenos Aires, a cidade pode ser facilmente incluída em roteiros que passam pelo Chile.

Viña del Mar e Valparaíso estão a pouco mais de 400 km de distância, enquanto Santiago está ainda mais próxima, a 360 km.

Onde fica Mendoza no mapa da Argentina?

Está pensando em conhecer a cidade dos melhores vinhos do continente? Não se esqueça de conferir onde fica Mendoza na Argentina para planejar sua viagem!

Como ir para Mendoza, Argentina?

A cidade é um dos destinos da Argentina que recebem voos diretos e com conexões a partir do Brasil.

Gol, Aerolíneas, Air Canada, Latam e Ethiopia estão entre as companhias aéreas que voam até o Aeroporto Internacional Francisco Gabrielli, localizado a 10 km do centro. 

Do aeroporto até o hotel, você poderá pegar um ônibus da linha 60 ou táxi.

Visite o Passagens Promo para adquirir sua passagem para Mendoza pelo menor preço: basta digitar as cidades de origem e destino, selecionar as datas da viagem e escolher a melhor oferta. 

Você pode até turbinar suas chances de encontrar boas promoções se incluir seu e-mail no alerta de preços.

Se você já está viajando pela Argentina e deseja fazer uma roadtrip até a cidade dos vinhos, é preciso ter ânimo: a viagem pode durar mais de 12 horas pela rodovia RN7.

É possível também visitar a cidade a partir de Santiago: o trajeto dura cerca de 6 horas e passa pelas paisagens cênicas da Cordilheira dos Andes.

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Qual a melhor época para viajar para Mendoza?

Qual a melhor época para viajar para Mendoza?
Fonte: Pxhere / CC0

A cidade pode ser visitada em qualquer época do ano, mas escolher o mês certo para a sua visita, conforme suas expectativas, pode tornar sua experiência ainda mais inesquecível.

O destino fica em uma região montanhosa e árida, o que significa que praticamente não chove por lá.

No verão, de dezembro a fevereiro, os termômetros giram em torno de 25ºC, mas podem até ultrapassar os 30ºC: clima perfeito para aproveitar o tempo ao ar livre e explorar os parques locais.

O inverno, no entanto, é a época mais indicada para quem deseja esquiar: nas regiões mais altas, entre junho e agosto pode nevar bastante e as temperaturas despencam para abaixo de zero.

Você quer mesmo é conhecer as vinícolas locais? Então programe sua viagem entre os meses de fevereiro e abril, quando acontece a colheita da uva.

Onde ficar hospedado em Mendoza?

Na hora de decidir onde ficar hospedado em Mendoza, você terá várias opções incríveis pela frente.

Boa parte dos turistas opta por ficar no centro histórico, em um dos hotéis instalados na região da Plaza Independência.

No entanto, é nos arredores da cidade, bem na parte inferior da Cordilheira dos Andes, que estão as melhores opções de hospedagem locais.

Os chalés rústicos, hotéis e pousadas instaladas por ali oferecem o melhor dos dois mundos: fácil acesso à infraestrutura da cidade e contato bem próximo com as inesquecíveis paisagens andinas.

Existem até bodegas e vinícolas que oferecem hospedagem de luxo em suas instalações para os amantes de vinho!

De qualquer forma, você não tem com o que se preocupar, pois a cidade é relativamente pequena e você estará próximo a várias atrações turísticas, não importa onde se hospedar.

Encontre hospedagens em Mendoza pelo menor preço!

Encontre hospedagens em Mendoza pelo menor preço!
Fonte: Hotel Mendoza

Já imaginou encontrar hotéis baratos na cidade dos vinhos argentinos? É só fazer sua pesquisa e reserva de acomodações no El Quarto!

Nossa plataforma reúne acomodações nos principais destinos do mundo a preços exclusivos, incluindo hotéis, pousadas, hostels e resorts com cancelamento gratuito para te ajudar no seu planejamento!

Para assegurar ainda mais economia à sua viagem, aproveite para pagar suas diárias online e em reais, sem cobrança de IOF!

Faça uma simulação gratuita para descobrir que visitar um dos melhores destinos da Argentina pode caber no seu bolso!

O que tem para fazer em Mendoza?

De janeiro a janeiro é possível encontrar o que fazer em Mendoza. A cidade é o endereço de belos parques, várias trilhas ecológicas, vinícolas e outros atrativos imperdíveis.

Descubra o que fazer durante a sua viagem!

Plaza Independencia 

Marco zero da cidade, a Plaza Independencia é uma boa referência de localização para se nortear durante sua estadia. 

É nos arredores da principal praça da cidade que estão diversas outras praças menores, como a San Martín, a Plaza Chile, a Itália e a España.

Arborizada e fotogênica, a praça é o endereço de muitas lojas e edifícios importantes, como o fantástico Museu Municipal de Arte Moderna, que tem entrada franca, e o colorido Mercado Municipal.

Além disso, é na praça que se inicia a avenida San Martín, a mais movimentada de toda a cidade.

Parque General San Martín 

Parque General San Martín
Fonte: Macallen Brothers / Wikimedia Commons / CC BY-SA 2.0

Pertinho da maior praça da cidade fica o exuberante Parque General San Martín, o maior parque de toda a América Latina, com 400 hectares de área.

Por lá, você encontrará jardins, praças, lagos, chafarizes, pontes, espaços gramados para piquenique, áreas com churrasqueira e parquinhos infantis.

O parque é também o endereço do zoológico da cidade, do Museu de Ciências Naturais e Antropológicas, de um grande anfiteatro (onde acontece todos os anos a Festa da Vendimia, que celebra a colheita da uva) e de um clube de golfe.

Ali também estão instalados o Estádio Provincial Malvinas Argentina e o campus da Universidade Nacional de Cuyo.

O Parque General San Martín fica aberto diariamente, 24 horas por dia. Você poderá explorá-lo a pé, de bicicleta ou até mesmo de ônibus panorâmico, com embarque na Plaza Independencia.

Passeio Alta Montanha 

Um dos passeios mais imperdíveis de toda a cidade é o tour da Alta Montanha, que percorre a Ruta Nacional nº 7, uma estrada cênica pela Cordilheira dos Andes.

Todo o percurso é permeado por paisagens dignas de cartão-postal, como montanhas ultra coloridas, outras com picos nevados, florestas, lagos e outras belezas naturais.

No caminho, você também poderá avistar os vulcões Tupungato e Tupungatito, o Parque Provincial Aconcágua, as Pontes del Inca e Picheuta, o Lago Potrerillos, o rio que dá nome à cidade e até o bondinho da estação de esqui Penitentes.

Em outras palavras, o passeio Alta Montanha é o mais legal que você pode fazer durante sua estadia mendocina!

Monte Aconcágua 

É no Parque Provincial Aconcágua que fica a “sentinela de Pedra”, como é carinhosamente conhecido o Monte Aconcágua, que tem mais de 6.962 metros de altitude.

“Teto” das Américas, a gigantesca montanha atrai trekkers e montanhistas de todos os cantos do mundo interessados em subir suas paredes de gelo em uma das escaladas mais desafiadoras do planeta.

A Ruta Nacional 7, do tour Alta Montanha, leva até a entrada do parque, onde você poderá observar todo o poder da montanha mais alta da Terra fora da Ásia.

Mas fique atento ao calendário, pois o parque não fica aberto o ano inteiro: só é possível visitá-lo entre novembro e fevereiro.

Vinícolas em Mendoza

Vinícolas em Mendoza
Fonte: Kimon Berlin / Flickr / CC BY-SA 2.0

Se você pretende visitar a capital do vinho argentino, nada mais justo que incluir as vinícolas mendocinas em seu roteiro de viagem, certo?

Na cidade são produzidos vinhos da uva Malbec e mais de 100 vinícolas abertas a visitação, com direito a degustação e aulas sobre o preparo da bebida.

Entre os destaques estão as bodegas Ruca Malen, La Azul, Catena Zapata e a Casarena Bodegas y Viñedos, que incluem visitação guiada às plantações de uva.

Olivícolas de Mendoza 

Não são apenas os vinhos mendocinos que conquistaram o mundo: a cidade também é referência internacional na produção de azeite de oliva. 

Por isso, que tal incluir uma das olivícolas locais em seu roteiro de viagem?

A Olivicola Laur, por exemplo, oferece passeios guiados que contam tudo sobre a produção de azeite, com direito a uma generosa degustação no final do tour.

Você pode até aproveitar para comprar garrafas na lojinha do local para levar de volta para casa!

Los Penitentes 

Se você estiver visitando a cidade no inverno, não deixe de programar um passeio até a estação de esqui Los Penitentes, nos arredores da capital dos vinhos.

A estação fica a pouco mais de 180 km do centro, mas o deslocamento vale a pena se você sempre sonhou com diversão na neve, sempre com o Aconcágua no horizonte.

Os mais animados podem até visitar a estação de Las Leñas, que fica a 400 km de distância e é conhecida como o melhor balneário de inverno da Argentina.

Termas Cacheuta 

Termas Cacheuta
Fonte: Leandro Martinez / Flickr / CC BY 2.0

Para uma experiência relaxante e diferente, recomendamos uma visita às Termas Cacheuta, um spa incrível localizado em meio às montanhas.

No local, você poderá desfrutar de massagens, piscinas termais, banho de lama e outras opções fantásticas para relaxamento.

Até quem não quer saber de descanso encontra o que fazer por lá: a lista de atrações das Termas Cacheuta inclui tirolesa, rafting, rapel, trekking e outras atividades de aventura.

O que fazer em Mendoza 2 dias?

Se você está programando uma viagem curta à cidade, a melhor alternativa é concentrar sua atenção nas atrações mais imperdíveis.

Na prática, isso significa dedicar um dia ao centrinho e ao Parque General San Martín e outro dia para explorar algumas das vinícolas mendocinas.

O que fazer em Mendoza 5 dias?

O que fazer em Mendoza 5 dias?
Fonte: Pxhere / CC0

Quem passa um período mais extenso em Mendoza tem mais liberdade para programar seus passeios e conhecer um pouco mais a fundo a cidade.

Nesse caso, você pode dedicar o primeiro dia de viagem para conhecer o centrinho e suas muitas atrações sem pressa.

No dia seguinte, faça o passeio Alta Montanha e se prepare para encontrar paisagens de tirar o fôlego no Parque Provincial do Aconcágua.

O terceiro e quarto dias de viagem podem ser dedicados às vinícolas e olivícolas da cidade: que tal se preparar para dois passeios de degustação por dia?

Para encerrar sua visita a Mendoza com chave de ouro: não deixe de passar um dia relaxando nas Termas Cacheuta!

Não se esqueça do seguro viagem para a Argentina!

Durante a sua viagem, você terá a oportunidade de fazer vários passeios incríveis, como trilhas e escaladas, o que pode ser inesquecível, mas também representa alguns riscos. 

Agora, imagine como seria se machucar no meio da sua viagem em uma das cidades mais montanhosas da Argentina!

Mesmo que você não tenha a intenção de fazer nenhum passeio mais ousado, não estará isento de riscos.

Você pode estranhar a comida local, passar mal depois de beber muito vinho, ter suas bagagens extraviadas ou até voltar às pressas para casa por motivos de saúde.

Por isso, nem pense em programar sua viagem para a capital dos vinhos da Argentina antes de contratar um bom seguro viagem, que pode proteger o seu bolso em caso de imprevisto.

Dessa forma, se você precisar de atendimento médico, seguro bagagem, assistência farmacêutica ou outros serviços, basta acionar a seguradora para receber auxílio gratuito ou reembolso por gastos previstos em apólice.

O seguro viagem mais completo e mais barato do mercado está no buscador Seguros Promo, que te ajuda a encontrar a melhor opção para a sua viagem em poucos cliques com toda a economia que você merece!

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

Mendoza: hotéis em promoção no El Quarto!

Está planejando uma viagem para Mendoza? Melhores hotéis, pousadas e hostels estão no El Quarto!

Faça uma simulação gratuita para encontrar milhares de acomodações a preços exclusivos, opções com cancelamento grátis e facilidades de pagamento, como a possibilidade de pagar suas diárias online e em reais, sem incidência de IOF.

Desse jeito vai ficar fácil conhecer o Aconcágua, as vinícolas e as muitas outras atrações que te esperam na capital dos vinhos da Argentina!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.