Milão, Itália: veja onde fica e algumas das melhores dicas pra um ótimo passeio!

22 abr 2022 • 10 minutos de leitura por danielcosenza

Capital da moda e do requinte, Milão é uma cidade acostumada aos holofotes, ao charme e ao luxo, listada há décadas como um dos principais destinos da Itália.

Desde o período do Renascimento a cidade ocupa um papel de protagonismo na Europa, e hoje em dia não é diferente.

Embora a capital, Roma, seja a cidade mais populosa do país, com 2,7 milhões de moradores, é a moderna Milão a grande metrópole italiana, com um passado tão rico quanto seu presente.

Destino dos sonhos de muita gente, a cidade pode ser facilmente incluída em qualquer roteiro pela Europa, e neste artigo nós vamos te contar tudo sobre ela. Vamos lá!

Melhores dicas para a sua viagem a Milão!

Todos os anos, mais de 8 milhões de pessoas fazem turismo em Milão, Itália, e não é difícil entender porque essa cidade cativa tanta gente ao redor do mundo.

Poucos lugares transitam com tanta leveza entre o antigo e o moderno quanto a histórica Milano, fundada por volta do ano 400 a.C. por povos gauleses que viviam às margens do Rio Pó, que deságua no mar pertinho de Veneza.

Ali, intelectuais e artistas viveram a efervescência do Renascentismo Italiano: foi na cidade milanesa, por exemplo, que Leonardo da Vinci pintou uma de suas obras mais famosas, A Última Ceia, até hoje exposta na singela igreja Santa Maria delle Grazie.

O monumental Duomo está entre as mais belas catedrais do mundo, destacando-se com suas linhas góticas apontadas para o céu, em plena Piazza del Duomo, um exemplo cinematográfico da arquitetura italiana clássica.

Pertinho dali fica a espetacular Galleria Vittorio Emanuele II, provando que até uma simples passagem subterrânea pela cidade da moda pode ser incomparável!

Falando em moda, não deixe de conhecer o luxuoso Quadrilatero della Moda, o quarteirão onde estão instaladas lojas das marcas mais famosas do mundo, como Prada, Gucci, Dolce & Gabbana e muitas outras.

Como você pode ter percebido, a elegante Milano oferece atrações para todos os gostos e luxo suficiente para ninguém botar defeito. Só não se esqueça de que conhecer cada cantinho da cidade pode demandar tempo.

Por isso, reunimos neste artigo as melhores dicas para te ajudar a planejar a sua viagem e a aproveitar ainda mais sua passagem por um dos destinos mais apaixonantes da Europa!

Seguro de viagem para quem vai para Itália e toda Europa

Se você está planejando ir para Itália ou pra qualquer lugar da Europa, não deixe de contratar um seguro de viagem. Temos uma parceria com a Seguros Promo que é o maior comparador de seguro de viagem do Brasil. Na Seguros Promo você compara e escolhe o plano ideal dentre todas as seguradoras de viagem.

Aproveite os descontos da nossa parceria com a Seguros Promo e garanta seu seguro de viagem com um super desconto.

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 25/dia*
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 72/dia*
Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 62/dia*

Onde fica Milão na Itália?

Onde fica Milão na Itália?
Fonte: Pexels

Segunda maior metrópole da Itália, a cidade de Milão fica em uma região conhecida como Lombardia, bem ao norte do país, quase na fronteira com a Suíça e, por isso, relativamente distante da “bota” no mapa italiano.

A distância de quase 480 km até Roma fez com que a cidade se tornasse um próspero centro urbano desde sua fundação, servindo como referência para outras cidades famosas nas proximidades, como Turim (144 km), Gênova (147 km) e Veneza (275 km).

Afinal, o Aeroporto Internacional de Malpensa, que fica a apenas a 50 km do centro da cidade, é o segundo mais movimentado do país e a principal porta de entrada na Itália via voos internacionais.

Milão, Itália: mapa

A capital da moda fica em uma região privilegiada do mapa, com fácil acesso a outros destinos incríveis, como a romântica Veneza, às praias da Ligúria, os Alpes Italianos e até mesmo a charmosa Riviera Francesa.

Confira o mapa da região de Milão, Itália!

Quando viajar para Milão?

O clima é um componente importante a considerar na hora de planejar sua viagem a Milão. 

A cidade fica em uma região que tem estações definidas, e isso pode influenciar sua experiência a depender da data da visita.

Assim como boa parte da Europa, a alta temporada acontece no verão, de junho a agosto, quando as temperaturas podem ultrapassar os 30ºC e a cidade fica cheia de turistas de todos os cantos.

A alta demanda turística também significa que, se você decidir viajar no verão, é melhor se preparar para encontrar tudo mais caro, das passagens aéreas à hospedagem.

Em contrapartida, o verão é também a época das promoções da moda na cidade: uma boa oportunidade para adquirir itens de marcas famosas por preços mais acessíveis.

No inverno, o frio chega com força, faz os termômetros despencarem para 2ºC e pode até resultar em neve! Por isso, não se esqueça de levar bons agasalhos na mala se for viajar entre novembro e fevereiro.

Para evitar as temperaturas extremas do inverno e os preços salgados do verão, uma boa alternativa é viajar na meia estação, seja na primavera, de março a junho, ou no outono, de setembro a meados de novembro.

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Milão: onde se hospedar?

Milão: onde se hospedar?
Fonte: Spice Hotel Milano

Ao viajante que procura onde ficar, Milão não economiza nas opções, sendo capaz de oferecer hospedagens em diversos formatos, locais e, mais importante ainda, faixa de preços.

Em uma mesma região é possível encontrar desde hotéis luxuosos, em estilo bed & breakfast, até hostels. 

Se você gosta de hotéis de alto padrão, quer ficar perto das principais atrações turísticas e não se importa em pagar um pouco mais em diárias, vale a pena escolher um dos estabelecimentos do bairro Brera, pertinho do Duomo.

Os viajantes mais econômicos, por sua vez, podem gostar das opções ao longo da Avenida Corso Buenos Aires e da Estação Central, onde os hotéis tendem a ser mais baratos e você terá várias opções de transporte público para se deslocar.

Você quer mesmo é ficar perto do agito milanês e das melhores opções para a vida noturna? Considere se hospedar no bairro de Navigli ou Corso Sempione.

Melhores ofertas de hotéis em Milão no ElQuarto!

Você não precisa ser um magnata da moda para encontrar hospedagem em Milão por um preço que cabe no seu bolso. É só fazer sua pesquisa de preços no ElQuarto, referência em economia no mercado!

Nossa plataforma concentra acomodações em todos os estilos e faixas de preço nos principais destinos turísticos do Brasil e do mundo para levar até você preços exclusivos e opções com cancelamento grátis.

Para conferir ainda mais economia à sua viagem, você pode até pagar suas diárias pelo site, em reais, sem cobrança de IOF!

Faça uma simulação gratuita para descobrir que visitar a capital mundial da moda pode sair mais barato do que você pensa!

O que fazer em Milão

Você gosta de atrações contemporâneas ou históricas? De compras ou museus? De parques ou praças? 

A resposta para todas essas perguntas pouco importa, pois a capital da moda oferece de tudo e mais um pouco para seus visitantes!

Confira o que fazer em Milão!

Catedral de Milão 

Catedral de Milão
Fonte: Pexels

Atração mais conhecida da cidade e ponto de referência para outros pontos turísticos, a Catedral de Milão é uma verdadeira obra-prima da arquitetura medieval europeia.

O gigantesco templo passou mais de cinco séculos em construção desde o começo da obra, no século XIV, e hoje é uma das igrejas mais bonitas, visitadas e importantes do mundo.

Também conhecida como Duomo di Milano, a igreja gótica abriga a maior coleção de esculturas de mármore do planeta, além de ter dimensões impressionantes: são 157 metros de comprimento e 190 metros de largura, em pleno centro da cidade.

Depois de conhecer o suntuoso interior da catedral, não deixe de descer a escadaria para visitar o Tesouro do Duomo, que guarda riquezas deixadas por cristãos e romanos ao longo da história.

Se você gosta de belas vistas, suba a torre da igreja para contemplar a cidade do alto!

Galleria Vittorio Emanuele II 

Depois de conhecer o espetacular Duomo, nada melhor que visitar uma das mais belas galerias do mundo, a Galleria Vittorio Emanuele II, localizada bem ao lado da catedral.

A estrutura foi construída no final do século XIX para homenagear o rei da unificação italiana, Vittorio Emanuele II, e começa em um imenso Arco do Triunfo, bem parecido com o da Champs-Élysées, em Paris.

O visitante, então, caminha por cerca de 200 metros até chegar à Piazza della Scala, do outro lado da galeria.

No meio do caminho, você encontrará detalhes incríveis da arquitetura italiana, como um grande octógono central, que inclui uma abóbada monumental, com mais de 47 metros de altura, além de cafés sofisticados, restaurantes e lojas de luxo.

Palácio Real 

O Palazzo Reale di Milano foi a sede administrativa e residência oficial da cidade por séculos e hoje está aberto como um grande centro cultural.

A estrutura, que já recebeu hóspedes célebres, como Napoleão Bonaparte, foi quase completamente destruída durante a Segunda Guerra Mundial. 

Da construção original, restou apenas a Sala das Cariátides , ainda preservada.

No restante do palácio, as acomodações reconstruídas foram convertidas em salas de concerto e galerias de arte.

Quadrilatero della Moda

Quadrilátero della Moda
Fonte: Paul Bica / Flickr / CC BY 2.0

O quarteirão formado pelas ruas Corso di Porta Venezia, Via Manzoni, Via Montenapoleone e Via della Spiga se transformou na via mais charmosa de toda a Europa: o Quadrilatero della Moda.

É o endereço com a maior concentração de grifes do mundo, onde o visitante encontra vitrines luxuosas com peças de marcas como Versace, Dolce & Gabbana, Prada, Gucci, Dior, entre outras.

Os preços são salgados e, muitas vezes, inacessíveis para a maior parte dos turistas. Mesmo assim, vale a pena o passeio para conhecer o luxuoso mercado da capital mundial da moda.

Pinacoteca di Brera 

A Pinacoteca di Brera foi fundada como um museu durante a era napoleônica, no século XIX, e não tardou a se transformar em uma das maiores pinacotecas do mundo.

Na Lombardia, até hoje nenhum museu abriga mais obras de arte produzidas entre os séculos XIII e XIX, incluindo peças de artistas renomados, como Caravaggio, Rembrandt, Bramante, Canaletto e muitos outros.

Você vai precisar de pelo menos 2 horas para conhecer as principais obras e, acredite, cada minuto do passeio vale a pena!

Igreja de Santa Maria delle Grazie 

Em comparação ao monumental Duomo, a Igreja de Santa Maria delle Grazie mais parece uma pequena capela, com dimensões bem mais modestas que o vizinho famoso.

É nesta singela igreja, porém, que está guardada uma das maiores obras de arte do mundo: A Última Ceia, de Leonardo da Vinci.

A famosa pintura do gênio das artes foi encomendada pelo duque milanês Ludovico Sforza e nunca deixou a cidade. Por causa da obra, a Igreja de Santa Maria delle Grazie é tombada como Patrimônio Mundial pela Unesco.

Em outras palavras, um passeio que não pode ficar de fora do seu roteiro!

Navigli 

Navigli
Fonte: Yorick39 / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Você não precisa viajar até Veneza para curtir um passeio romântico pelos canais da Itália. Em Milão, é só visitar o bairro de Navigli para fazer o tour de barco pela região!

Tudo começa no canal de Naviglio Grande, passando pelo Vicolo dei Lavandai, Palácio Galloni, Igreja de San Cristoforo, Darsena e Naviglio Pavese, onde você poderá conhecer um sistema de comportas projetado por Leonardo da Vinci.

Um passeio agradável e diferente, que oferece a oportunidade de conhecer a cidade de um ponto de vista inusitado!

Castelo Sforzesco 

Que tal aproveitar sua viagem para conhecer um genuíno castelo? 

O Castelo Sforzesco é uma fortaleza construída no século XV para sediar festas e jantares da nobreza local, além de artistas e intelectuais, como Donato Bramante e Leonardo da Vinci.

O complexo arquitetônico inclui, ainda, museus com vários temas, bibliotecas e salas com obras de arte de Leonardo da Vinci.

Parque Sempione

Depois de visitar o belíssimo Castelo Sforzesco, siga até o Parque Sempione para conhecer um dos espaços mais agradáveis de toda a cidade.

O parque é formado por jardins, bosques e lagos, além do Arco della Pace, uma obra em estilo neoclássico com mais de 25 metros de altura e 25 metros de largura do século XIX.

Você pode até aproveitar a visita para conhecer os excelentes restaurantes nas vizinhanças do Parque Sempione!

O que fazer em Milão em 5 dias?

O que fazer em Milão em 5 dias?
Fonte: Pixabay

Se você está planejando um roteiro de turismo em Milão, Itália, mais longo, com duração a partir de 5 dias, você terá a oportunidade de ir muito além dos passeios mais tradicionais e conhecer a fundo cada uma das atrações locais.

Comece seu roteiro pelo centro histórico, onde você poderá conhecer o Duomo, a Galleria Vittorio Emanuele II, a Piazza della Scala e outras atrações incríveis.

Em seguida, dedique um tempo a explorar o Quadrilatero della Moda: mesmo que você não tenha intenção de ir às compras, o passeio pode ser bastante divertido e diferente.

No segundo dia de viagem, explore a gigantesca Pinacoteca di Brera e a Igreja de Santa Maria delle Grazie, onde você poderá conhecer A Última Ceia, de Leonardo da Vinci.

No dia seguinte, navegue de barco pelos canais de Navigli e aproveite para caminhar por galerias de arte, lojas alternativas e barzinhos da moda instalados na região.

O quarto dia de viagem pode ser dedicado a visitar as áreas verdes da cidade, como o complexo do Castelo Sforzesco e o Parque Sempione.

No último dia de viagem, que tal conhecer um dos famoso lagos nos arredores da cidade, como o Lago di Como, o Lago di Garda ou o Lago Maggiore? Você pode visitar todos eles de trem a partir da Estação Central.

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

Como é viver em Milão?

Uma das maiores metrópoles da Europa, Milão é uma cidade que atrai muitas empresas, lojas e fábricas, além de abrigar centenas de hotéis, restaurantes e casas noturnas.

Na prática, isso quer dizer que a cidade oferece muitas oportunidades de trabalho a seus moradores, além de dispor de boa infraestrutura e uma moderna rede de transporte público.

Em compensação, para viver por lá é preciso ter boas condições financeiras para se manter em uma das cidades mais caras do mundo, onde uma pessoa pode gastar, em média, 2.220 euros por mês para pagar as contas básicas.

Aliás, se você está se perguntando como se chama quem nasce em Milão, a resposta é “milanês”. Isso também significa que o famoso bife à milanesa teve origem na capital mundial da moda.

Hospedagens em Milão pelo menor preço no ElQuarto!

Agora que você já conhece as melhores dicas de onde se hospedar em Milão e o que fazer na cidade, só falta encontrar um hotel que cabe no seu orçamento.

Nessa tarefa, você pode contar com a moderna plataforma do ElQuarto, que reúne os melhores hotéis e hostels nos principais destinos do mundo para garantir preços exclusivos!

Você pode comparar preços, reservar quartos e até pagar suas diárias online, com comodidade e segurança. 

Faça uma simulação e descubra que visitar uma das cidades mais encantadoras da Itália pode sair mais em conta do que você imagina!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.