O que fazer na Cidade do México: onde ficar, melhores bairros e dicas

01 ago 2021 • 10 minutos de leitura por danielcosenza

Montar um roteiro com o que fazer na Cidade do México pode ser uma tarefa simultaneamente fácil e difícil.

Fácil porque a capital mexicana reúne dezenas de atrações encantadoras, tem uma atmosfera vibrante, excelentes restaurantes e uma cultura riquíssima, cheia de opções para o viajante.

Difícil porque definir um roteiro por uma das maiores cidades do planeta tem seus desafios, como a preocupação com o hotel escolhido, o melhor meio de transporte para se deslocar, e por aí vai.

No entanto, mesmo que seja desafiador, planejar uma viagem pela maior cidade do país e um dos principais destinos da América do Norte pode ser bastante prazeroso, e neste artigo vamos te contar por quê! Vamos lá!

O que fazer na cidade do México: como aproveitar a capital?

Sua viagem para a capital mexicana deve começar ainda em casa. 

Afinal, estamos falando de uma cidade que oferece tantos atrativos aos visitantes que, não importa a duração da sua viagem, você voltará para casa com a impressão de ter deixado muito para trás.

Por essas e outras, decidir o que fazer na Cidade do México pode ser uma tarefa difícil, especialmente para os viajantes mais indecisos: como escolher o que incluir em seu roteiro e o que deixar de fora? Como aproveitar a cidade ao máximo?

O primeiro passo é caprichar no roteiro de viagem, planejando onde ficar, como se deslocar pela cidade, qual a melhor época para viajar, como chegar, entre outros.

Para te ajudar nessa missão, criamos um guia completo, com as principais informações sobre a capital do México e dicas importantes para a sua viagem! Veja só!

Quando ir para a Cidade do México?

Quando ir para a Cidade do México?
Fonte: Wirestock / Freepik

Como as temperaturas não apresentam grandes variações no decorrer do ano, a Cidade do México é um destino agradável em qualquer estação.

Isso, porém, não isenta o turista de se precaver.

Embora o clima seja basicamente parecido ao longo dos 12 meses, os termômetros podem variar, e muito, durante um único dia: já imaginou passar de 0°C a 22°C em menos de 24 horas?

Em relação às estações do ano, pouca coisa muda entre o inverno e o verão. O que você deve ter em mente é que a cidade tem, basicamente, dois períodos: o chuvoso e o seco.

Entre os meses de novembro e fevereiro, praticamente não chove na capital mexicana e os termômetros ficam entre 5ºC e 24ºC, o que é bom para quem não gosta de passear com chuva, mas pode gerar desconfortos por conta da baixa umidade.

Se você decidir viajar nesse período, mantenha-se sempre bem hidratado, mantenha uma toalha molhada em seu quarto de hotel e não tenha medo de usar hidratantes para a pele e para os lábios a fim de evitar ressecamento.

No verão, por sua vez, as temperaturas oscilam entre 12ºC e 27ºC e pode chover com certa frequência, especialmente entre junho e julho, mas não em intensidade suficiente para atrapalhar a sua viagem.

Caso você opte por viajar na estação mais quente do ano, não deixe de fazer as suas reservas de hospedagem com antecedência, pois o verão coincide com o período de férias escolares e a alta temporada no México.

Para evitar o movimento intenso do verão e o clima seco do inferno, talvez seja uma boa viajar na meia estação, ou seja, na primavera (especialmente de abril a maio) ou no outono (de setembro a outubro).

Nestas épocas, a cidade está menos cheia, os preços estão menos salgados e a qualidade do ar está em níveis satisfatórios.

Não importa quando você deseja visitar a capital mexicana, lembre-se de consultar o calendário de eventos, pois a Cidade do México tem uma agenda cultural intensa durante o ano inteiro!

Como ir até a Cidade do México?

A capital mexicana é a principal porta de entrada no país e recebe, inclusive, voos diretos a partir do Brasil, operados pelas companhias aéreas Gol, Latam e Aeromexico, além de voos com conexões de diversas outras empresas.

O Aeroporto Internacional Benito Juárez, um dos mais movimentados do continente, fica a apenas 10 km da principal região turística da cidade, o Zócalo: o trajeto até a cidade pode ser feito de táxi, ônibus ou metrô.

Você também consegue chegar à capital a partir de algumas das principais cidades do México de ônibus: a cidade está a 40 km do sítio arqueológico de Teotihuacán, a 379 km da tropical Acapulco e a 550 km de Guadalajara.

Se você estiver interessado em conhecer outros destinos mexicanos badalados, porém, é melhor recorrer aos aeroportos do país: Cancún e Tulum estão a mais de 1.600 km de distância, enquanto Los Cabos fica a 1.800 km.

Você pode garantir suas passagens aéreas para a Cidade do México no melhor site buscador do Brasil: o Passagens Promo te ajuda a encontrar o momento mais barato para viajar em poucos cliques.

Para não perder nenhuma promoção, não deixe de acionar o alerta de preços, que envia notificações sempre que o trecho desejado sofre alteração de preço!

Onde ficar na Cidade do México

Onde ficar na Cidade do México
Fonte: Camino Real Santa Fe

Além de planejar o que fazer na Cidade do México, o viajante não pode deixar para escolher onde ficar em cima da hora. 

Afinal, a capital mexicana é uma das maiores metrópoles do mundo, com quase 9 milhões de habitantes e dispõe de uma rede de transporte público pouco eficiente.

Em contrapartida, a cidade concentra os principais hotéis em poucas áreas, perto das principais atrações turísticas, como a região do centro histórico, ou Zócalo, e os bairros Zona Rosa, Condesa e Polanco, o que facilita a vida do turista.

Confira as principais características dessas regiões!

Zócalo

Se você deseja ficar na melhor região possível para turismo, o Zócalo é o lugar mais indicado. 

O centro histórico conta com boa oferta de transporte público, abriga comércios e opções gastronômicas, dispõe de segurança pública reforçada e fica a uma caminhada de distância dos principais atrativos turísticos.

As regiões da Plaza de la Constitución e do Palácio de Bellas Artes estão entre as mais indicadas para quem deseja desfrutar a noite local, mas tenha em mente que o movimento nesses arredores é intenso em qualquer hora do dia.

Além disso, como o Zócalo fica localizado em uma região estratégica para quem deseja explorar o resto da cidade, os hotéis tendem a ter diárias mais salgadas, então faça suas reservas com boa antecedência.

Zona Rosa

Localizada entre o centro histórico e o bairro Polanco, a Zona Rosa é a região boêmia da cidade, com vários bares, casas noturnas, karaokês e restaurantes espalhados por cada esquina.

As diárias nessa região são mais econômicas em comparação a outros bairros e você poderá caminhar tranquilamente, sem se preocupar com sua segurança, em qualquer hora do dia ou da noite.

Ademais, o bairro, conhecido como LGBTQIA+ friendly, oferece aos visitantes uma excelente rede de serviços, com bancos, comércio, farmácias e transporte público, bem como hotéis charmosos em diversas faixas de preço. 

Condesa

Condesa
Fonte: Flowsuites Condesa

Menos badalado que a Zona Rosa, mas não menos charmoso, o bairro de Condesa é um lugar tranquilo e agradável, com ruas arborizadas e bons hotéis, em geral no formato boutique.

A região de Condesa é considerada o point “moderninho” da cidade, onde estão instalados restaurantes da moda, galerias de arte e cafés elegantes: um bairro indicado para quem deseja conhecer mais sobre a cultura contemporânea mexicana.

Vantagens Promo tem as melhores ofertas para você economizar na sua viagem! Encontre cupons e descontos para passagem aérea, hotel, seguro viagem, e muito mais! Clique aqui e confira.

Polanco

Se o Zócalo é uma área turística, a Zona Rosa é a região boêmia e Condesa é o bairro “cool”, a região de Polanco é o reduto da elite da capital mexicana.

Nesta região estão os restaurantes mais requintados, as lojas de grifes e marcas de luxo internacionais e o arborizado Bosque de Chapultepec.

No entanto, como estamos falando de um bairro nobre, isso também significa que a região não oferece várias opções de transporte público: os viajantes podem usufruir de apenas uma linha de metrô.

O que tem de bom no México?

O país dos maias e astecas é rico em cultura, história e gastronomia, capaz de oferecer as mais variadas atrações para todos os gostos. Em outras palavras, não falta o que conhecer no México!

O viajante encontra praias paradisíacas na costa caribenha, como Cancún, Tulum e Cozumel, e na costa do Pacífico, como Puerto Vallarta, Los Cabos e Acapulco.

Se você prefere atrações históricas, inclua em seu roteiro os sítios arqueológicos de Teotihuacán, Chichén Itzá e Uxmal.

Além disso, a lista do que fazer na Cidade do México é extensa! A capital é vibrante, com cena cultural agitada e diversa, dezenas de museus, galerias de arte, parques públicos e excelentes restaurantes.

Encontre hotéis na Cidade do México em promoção no ElQuarto!

Encontre hotéis na Cidade do México em promoção no ElQuarto!
Fonte: Hotel Zocalo Central Mexico City

A Cidade do México é um destino que recebe movimento intenso de turistas em qualquer época do ano, o que reforça a importância de garantir suas reservas de hospedagem com o máximo de antecedência possível.

Quem deixar para assegurar sua acomodação em cima da hora pode encontrar preços mais salgados e os hotéis mais bem-avaliados com lotação máxima, especialmente nos períodos de férias escolares e feriados.

Você pode fazer sua pesquisa de preços e a reserva de hospedagem a preços exclusivos em um só lugar: o site buscador ElQuarto.

Além de reunir opções com cancelamento gratuito, a plataforma do ElQuarto ainda permite o pagamento das diárias online, em reais, sem cobrança de IOF.

Mapa da Cidade do México

Montar um bom roteiro é o primeiro passo para uma viagem de sucesso. Por isso, na hora de planejar o que fazer na Cidade do México, não deixe de conferir o mapa da capital!

Assim, você poderá antecipar rotas de deslocamento e selecionar as melhores regiões para hospedagem!

O que fazer na Cidade do México

São tantas atrações à espera do viajante na capital mexicana que pode ser difícil definir o que incluir ou deixar de fora do roteiro, especialmente se você está planejando passar poucos dias na cidade.

Para te ajudar a filtrar os atrativos que não podem ficar de fora da sua viagem, confira nossas dicas do que fazer na Cidade do México!

Zócalo

O centro histórico da cidade, ou Zócalo, pode ser o melhor lugar para começar o seu passeio pela capital do país.

Os arredores da Plaza de La Constitución concentram os principais atrativos turísticos locais, como o Palácio Nacional, a Catedral Metropolitana de La Asuncíon de María, o Palácio de Bellas Artes e a verdejante Alameda Central.

Não deixe de subir a Torre Latinoamericana para conferir o Zócalo do alto e aproveite para visitar os casarões coloniais da região, geralmente abertos ao público.

Tenochtitlán

Tenochtitlán
Fonte: Pixabay

Durante o seu passeio pelo Zócalo, não deixe de conhecer as ruínas de Tenochtitlán, antiga capital asteca que existia no mesmo lugar em que hoje está a Cidade do México.

O Palácio de Axayácatl foi construído em meados do século XV e abrigou o governo da maior civilização pré-colombiana, por isso, vale a pena encontrar um tempinho em seu roteiro para conhecer a atração!

A maior pirâmide do complexo, a do Sol, pode ser avistada a longas distâncias, destacando-se em meio ao horizonte com 65 metros de altura e 225 metros em cada face.

Museo Frida Kahlo

No topo da lista de o que fazer na Cidade do México deve constar uma visita ao Museo Frida Kahlo, o mais popular da cidade.

O museu fica instalado na casa em que a artista mexicana viveu com a família durante boa parte da vida: os visitantes podem conhecer os quartos nos quais Frida pintava seus quadros, o lugar em que dormia e os demais cômodos do imóvel.

O acervo inclui algumas obras da pintora, objetos pessoais, fotografias e até mesmo uma urna funerária, que preserva as cinzas da icônica Frida Kahlo: um passeio imperdível em qualquer roteiro pela cidade.

Basílica de Guadalupe

Procurando coisas para fazer na Cidade do México? Que tal conhecer um dos maiores pontos de peregrinação das Américas, a impressionante Basílica de Santa María de Guadalupe?

O templo fica a menos de 10 km da região do Zócalo e recebe mais de 20 milhões de pessoas todos os anos.

O complexo inclui duas basílicas (a original, erguida no século XVI, e a moderna, inaugurada em meados da década de 1970), além de capelas menores, criptas e até um museu sacro.

Aproveite para subir até o Monte Tepeyak, onde fica a Capela do Cerrito, de onde é possível contemplar uma vista panorâmica da capital do México!

Catedral Metropolitana

Situada no coração da cidade, em pleno Zócalo, a Catedral Metropolitana de la Asunción de María é uma das construções mais imponentes da cidade, com mais de 400 anos de história, e dimensões impressionantes (59 m de altura e 110 m de largura).

A igreja oferece visitações guiadas diariamente, em vários horários entre as 10h40 e as 19h: ideal para quem deseja conhecer mais sobre a história do templo.

Bosque de Chapultepec

Bosque de Chapultepec
Fonte: Alex Garrido / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Instalado em uma área de 686 hectares, o Bosque de Chapultepec é um dos maiores parques urbanos do planeta: com mais que o dobro do tamanho do Central Park, de Nova York.

Por isso, vale a pena reservar ao menos um dia de viagem para conhecer os atrativos do local, como o Castillo Chapultepec, erguido no século XVIII para abrigar a casa de campo do rei da Nova Espanha.

Também ficam no Bosque de Chapultepec o Museu Nacional de História, o Museu de Arte Moderna, o Museu del Caracol, o badalado Museu Nacional de Antropologia e muitos outros.

Durante a sua visita, não deixe de conhecer o Jardim Botânico e os lagos Menor e Mayor. Entre pela portaria da Primeira Sessão para ter acesso facilitado às principais atrações do parque.

O que fazer à noite na Cidade do México?

A capital mexicana nunca dorme, ou seja, a lista do que fazer na Cidade do México à noite é longa e diversa!

Boa parte das atrações noturnas da cidade estão concentradas nos arredores da Zona Rosa e do bairro Condesa, especialmente nas proximidades da avenida Paseo de la Reforma: bares, boates, pubs, karaokês, restaurantes e muito mais.

Prefere uma noite mais requintada? Então conheça os restaurantes elegantes das regiões de Polanco, San Angel e do Zócalo.

O que fazer em 3 dias na Cidade do México?

Como não falta o que fazer na Cidade do México, montar um roteiro para viagens curtas, entre dois e três dias de duração, pode ser um grande desafio.

No primeiro dia, a melhor opção para o viajante é se concentrar na região do Zócalo, que reúne atrações suficientes para preencher um dia inteiro de passeios. À noite, conheça a animada noite de Polanco.

O dia seguinte pode ser dedicado a um passeio pelo Bosque de Chapultepec e caminhadas agradáveis pela avenida Paseo de la Reforma.

O terceiro dia, por sua vez, pode ser dividido entre os museus locais, como o Frida Kahlo e o de Antropologia, e uma visita às impressionantes ruínas de Tenochtitlán.

O que fazer na cidade do México em 4 dias?

Quer saber o que fazer na Cidade do México em 4 dias? Você pode seguir nossas sugestões acima para os três primeiros dias de viagem e dedicar seu último dia de estadia para conhecer os canais de Xochimilco.

A região, conhecida como “Veneza mexicana”, é formada por diversos canais, por onde é possível navegar em gôndolas entre as construções do período colonial.

À tarde, faça uma agradável caminhada entre o casario histórico dos bairros de Condessa e La Roma: como a região abriga vários restaurantes, você pode aproveitar para se despedir da cidade saboreando a rica gastronomia local!

Promoção de hotéis na Cidade do México

Agora que você sabe o que fazer na Cidade do México, só falta fazer sua reserva de hospedagem para garantir a economia que você precisa para a sua viagem!

Visite agora mesmo nosso site de buscas, ElQuarto, e garanta sua acomodação com comodidade e eficiência.

Basta digitar a cidade que você vai visitar, incluir as datas da viagem e escolher a melhor opção para o seu bolso. O viajante pode até pagar suas diárias em reais, sem incidência do IOF!

Faça uma simulação e descubra que visitar a milenar capital mexicana pode sair muito mais barato do que você imagina!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.