Turismo em Pequim, China: veja as melhores dicas de viagem

29 dez 2021 • 9 minutos de leitura por danielcosenza

Está planejando uma viagem para Pequim, China? Um planejamento de viagem bem-feito pode ser o seu melhor amigo nessa aventura! 

Afinal, estamos falando de uma das maiores cidades do planeta, localizada do outro lado do mundo, e qualquer imprevisto pode se transformar em um grande perrengue para o viajante.

A boa notícia é que você não está sozinho nessa empreitada: vem conhecer o nosso guia, com tudo que você precisa saber sobre a cidade, incluindo dicas de regiões para hospedagem, atrações que você não pode perder e muito mais!

Pequim, China: tradições milenares, cultura e história

Organizar uma viagem para Pequim, na China, pode ser bastante desafiador: a cidade tem mais de 3.000 anos de história, preservada em dezenas de atrações espalhadas por diversas regiões.

A cidade abriga templos, shoppings, praças, parques, palácios milenares e muitos outros atrativos para todos os públicos.

O problema é escolher quais atrações vão ganhar um espaço no seu roteiro de viagem e quais ficarão de fora.

Mas como escolher entre a curiosa Cidade Proibida e o suntuoso Palácio de Verão? Ou decidir se visita a Grande Muralha ou o Templo do Céu? Onde ir às compras ou experimentar os melhores pratos da gastronomia chinesa?

Neste artigo, você vai encontrar as respostas a essas e muitas outras perguntas que podem surgir na sua cabeça ao planejar a viagem.

Qual país fica Beijing?

Qual país fica Beijing?
Fonte: Pxhere / CC0

A cidade de Pequim, ou Beijing, é a capital da China, situada a pouco mais de 60 km da costa do Mar Amarelo, no nordeste do país.

A localização é estratégica, com fácil acesso a Japão, Mongólia e Coreia do Sul, sem falar no gigantesco Aeroporto Internacional de Pequim, com capacidade para 64 milhões de passageiros por ano.

A principal porta de entrada na cidade recebe voos regulares com escalas a partir de várias cidades brasileiras, embora a viagem seja longa: são necessárias pelo menos 20 horas de voo para ir de São Paulo a Pequim.

Você pode adquirir passagens aéreas para a China a preços promocionais no buscador, Passagens Promo, que disponibiliza ferramentas gratuitas para te ajudar a encontrar o momento mais barato para viajar.

Depois de desembarcar no Aeroporto Internacional de Pequim, você pode pegar o trem expresso Airport Express, que leva até a estação de metrô de Dongzhimen em pouco mais de meia hora.

A partir da estação, você pode pegar outro metrô até a região do seu hotel ou encontrar um táxi para continuar sua viagem.

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Pequim, China: mapa

A capital da China não é apenas uma cidade: é uma megalópole 24 vezes maior que a cidade de São Paulo! 

Deslocar-se em uma metrópole tão gigantesca pode ser um grande desafio, mas os viajantes podem circular sem dificuldades por meio da extensa e eficiente malha de metrô de Pequim.

De qualquer forma, vale a pena tentar se informar o máximo possível sobre as localizações das principais atrações turísticas para garantir uma viagem mais tranquila.

Confira no mapa: Pequim, China!

Quando ir para Pequim?

Quando ir para Pequim?
Fonte: Pxhere / CC0

A cidade de Pequim, China, é um destino de climas extremos: no verão, os termômetros podem facilmente ultrapassar a marca dos 40ºC, enquanto os invernos são rigorosos, com temperaturas de até -15ºC.

Por isso, escolher bem a data em que você vai visitar a cidade é uma etapa fundamental do planejamento de viagem, com potencial para influenciar diretamente o sucesso da sua experiência em Pequim.

Vale a pena marcar sua viagem para as estações intermediárias, isto é, primavera (de março a maio) ou outono (setembro a novembro), quando as temperaturas estão mais amenas e a sua estadia pode ser mais confortável.

Por que Pequim é a capital da China?

Pequim é uma cidade fundada oficialmente no século VIII a.C, mas pode ser ainda mais antiga: estudiosos acreditam que a região é ocupada desde o período Neolítico, há quase 10 mil anos.

O mais surpreendente é que a resposta à pergunta “desde quando Pequim é a capital da China” é “quase sempre”.

É isso mesmo que você leu: por boa parte do tempo que existe, a cidade tem sido a capital do país.

Os especialistas apontam que Pequim é a capital chinesa desde o século XIII, quando ganhou esse título por ordem do líder mongol Kublai Khan. 

Vale lembrar que o nome verdadeiro da cidade para os chineses é Beijing: Pequim é o nome pelo qual a cidade era conhecida pelo Ocidente até a década de 1980, embora muita gente confunda até hoje e acabe utilizando Pequim mesmo.

Onde se hospedar em Pequim?

Onde se hospedar em Pequim?
Fonte: Hotel Novotel Beijing

A localização da hospedagem deve ser uma preocupação de qualquer viajante, especialmente quando falamos de uma viagem a uma das maiores cidades do mundo.

Escolher bem onde ficar em Pequim, China, pode significar deslocamentos menos longos e desgastantes, menos gastos com transporte, proximidade a bons restaurantes e várias outras vantagens para o viajante.

Nesse sentido, algumas regiões são mais indicadas para hospedagem do que outras, veja só!

Wangfujing

Considerada por muitos a rua mais animada de Pequim, a região de Wangfujing é também uma das mais recomendadas para hospedagem.

Como fica bem no centro da cidade, a região oferece fácil acesso a transporte público e, consequentemente, a praticamente todas as regiões da capital chinesa.

O maior problema para o viajante que fica em Wangfujing é o barulho: as ruas são movimentadas 24 horas por dia, o que pode atrapalhar o sono de quem precisa de sossego para dormir.

Qianmen

Qianmen
Fonte: Hotel Qian Men Jian Guo

Vizinho à Cidade Antiga, o bairro de Qianmen é uma boa alternativa para quem quer ficar perto do centro e das atrações da Wangfujing Street, mas prefere uma região mais requintada para se hospedar.

Os hotéis de Qianmen tendem a ser mais caros em comparação a outros pontos da cidade, mas dispõem de localização privilegiada, com fácil acesso aos melhores restaurantes de Pequim.

Você pode até aproveitar sua estadia para ir às compras nas muitas lojas de eletrônicos instaladas na região.

Sanlitun

Sua intenção é curtir a vida noturna de Pequim e ficar bem perto do agito? Então você vai gostar de se hospedar em Sanlitun.

O bairro moderninho da capital chinesa é o preferido entre o público jovem interessado em restaurantes da moda, lojas famosas e boates animadas.

É também nesta região que ficam os hotéis mais caros e futuristas de Beijing, então vale a pena colocar os gastos na ponta do lápis para não ter surpresas desagradáveis na hora do check-out.

Embora Sanlitun fique a mais de 8 km do centro, você não terá problemas para se deslocar pela cidade, pois a região é atendida por várias estações de metrô!

Nanluoguxiang

Quem procura uma experiência mais genuína durante sua viagem a Pequim deve considerar ficar no bairro de Nanluoguxiang.

A região é bem menos turística, o que significa que você terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre como vivem os chineses.

Isso não quer dizer que você estará dando adeus à excelente infraestrutura de serviços da cidade: Nanluoguxiang abriga bons hotéis, restaurantes e lojas, além, é claro, de várias estações de metrô!

Hotel em Pequim, China em promoção no ElQuarto!

Hotel em Pequim, China em promoção no ElQuarto!
Fonte: Hotel Mandarin Oriental Wangfujing

Você pode encontrar um hotel barato em Pequim, China, de forma fácil, rápida e segura: é só fazer sua cotação de hospedagem no site do ElQuarto!

Para maior comodidade do viajante, o ElQuarto permite que você faça todo o seu planejamento de hospedagem em um único lugar.

Você pode comparar preços, reservar acomodações e até pagar suas diárias em reais, sem incidência de IOF, em poucos cliques!

Nossa plataforma reúne milhares de acomodações nos principais destinos do Brasil e do mundo a preços exclusivos, além de inúmeras opções com cancelamento grátis. 

Faça uma cotação gratuita e descubra que visitar a capital da China pode caber no seu bolso!

O que fazer em Pequim, China

Decidir o que fazer em Pequim, China, não é tarefa das mais fáceis. Pelo contrário: são tantas atrações que os viajantes mais indecisos podem ficar perdidos.

Para te ajudar a escolher o que incluir em seu roteiro de viagem pela milenar Beijing, destacamos atrações quase obrigatórias da cidade. Veja só!

Cidade Proibida

Uma das atrações mais imperdíveis de toda a China, a Cidade Proibida deve estar no topo da sua lista de pontos de interesse em Pequim.

O complexo foi construído entre 1407 e 1420 para servir como residência oficial da dinastia Ming, tendo sido utilizada para essa finalidade mesmo muito depois, já por imperadores da dinastia Qing.

Hoje, os visitantes podem conhecer vários espaços da Cidade Proibida, incluindo as galerias da Eminência, Militar, da Glória Literária e da Harmonia Suprema, antigamente reservada a cerimônias sagradas.

Você também poderá visitar o Palácio da Pureza Celestial, onde vivia a família imperial: lugar perfeito para aprender mais sobre o passado da China.

Grande Muralha da China

Grande Muralha da China
Fonte: Pexels

Uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, a Muralha da China é um dos lugares mais interessantes do planeta e, por isso, merece um lugarzinho no seu roteiro de viagem.

A construção da Grande Muralha começou em 220 a.C e levou mais de 2.000 para ser concluída, estendendo-se por mais de 21.196 km de extensão.

Tudo isso para garantir a proteção da China do passado contra os eventuais ataques de povos da Mongólia e da Manchúria.

Você pode visitar um trecho de 9 km da Grande Muralha pertinho de Pequim: coloque calçados confortáveis e prepare-se para conhecer uma das construções mais famosas do mundo!

Seguro Viagem: América do Norte
ITA 40 SMART USA ITA 40 SMART USA Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 17/dia*
Travel Assist 150 USA +COVID-19 Travel Assist 150 USA +COVID-19 Assistência médica USD 150.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (SUPLEMENTAR) R$ 34/dia*
CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 48/dia*

Praça da Paz Celestial

A Praça da Paz Celestial, é uma praça gigantesca, com mais de 44 hectares de área, onde está o Mausoléu de Mao Tsé Tung, o grande nome por trás da Revolução Chinesa.

A região tem grande importância para o país, pois foi na praça que ocorreu um dos episódios mais emblemáticos da história recente chinesa: o Massacre da Praça da Paz Celestial, que resultou em centenas de mortos e milhares de feridos.

Durante esse massacre foi produzida uma das fotos mais famosas do século XX, que mostra um homem solidário bloqueando a passagem de robustos tanques militares.

Além de todo o seu peso histórico, a praça é também um espaço ao ar livre muito agradável, colorido por jardins floridos e elaboradas esculturas com plantas.

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto e viaje com tranquilidade!

Templo do Céu

Tombado como Patrimônio Mundial pela Unesco, o Templo do Céu é provavelmente o mais bonito da capital chinesa.

O templo é, na verdade, um complexo de templos taoístas construído no século XV, e inclui um majestoso templo circular antigamente exclusivo para as orações do imperador.

Ele recebeu esse nome por ter sido utilizado para pedir proteção celestial para as colheitas chinesas e para orações de agradecimentos por safras bem-sucedidas.

O fato mais interessante sobre o Templo do Céu, porém, não diz respeito à religião, e sim à elaborada engenharia utilizada na obra: toda a estrutura é sustentada por pedaços de madeira perfeitamente encaixados, sem nenhum prego sequer!

Hutongs

Hutongs
Fonte: Alexanderpf / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Os hutongs são os bairros populares tradicionais de Beijing, formados por verdadeiros labirintos de ruas e ruelas com séculos de história.

Entre os séculos XIII e XX, esses bairros quase não se modificaram, mas durante a Revolução Chinesa, entre 1940 e 1950, mais de 75% dos hutongs de Pequim foram destruídos em um ousado projeto de modernização do país.

Assim, os que sobraram acabaram se transformando em importantes atrativos turísticos que preservam a cultura e a história de um estilo de vida cada vez mais raro na China.

Durante o seu passeio, não se surpreenda se encontrar chineses vestidos de pijama pelas ruas: os moradores desses bairros consideram o hutong uma extensão de suas casas, por isso gostam de ficar bem à vontade por lá!

Palácio de Verão 

Nenhum passeio por Pequim, China, está completo sem uma visita ao Palácio de Verão, localizado às margens de um belíssimo lago de águas azuis.

O edifício em estilo tradicional chinês foi construído para oferecer uma alternativa mais refrescante de moradia real: assim, a família imperial poderia “fugir” do calor extremo da Cidade Proibida durante os meses de verão.

O complexo do Palácio de Verão ocupa mais 290 hectares, onde o visitante pode visitar templos taoístas, visitar palácios imperiais e desfrutar de amplas áreas verdes, como bosques e jardins floridos.

Templo Lama 

Existem dezenas de templos budistas espalhados por Pequim, mas nenhum deles é maior que o Templo Lama.

Também conhecido como “Templo da Harmonia”, teve sua construção feita em estilo tradicional chinês han, com detalhes em estilo tibetano, e tem fácil acesso a partir da estação de metrô Yonghegong.

O templo dispõe de imensas salas dedicadas à meditação e à queima de incenso.

Onde fazer compras em Pequim, China?

Pequim, China é um verdadeiro paraíso para quem gosta de fazer compras! 

Por isso, boa parte dos visitantes que exploram a cidade aproveitam a oportunidade para adquirir diversos produtos a preços bem baixos.

Existem várias ruas comerciais, que funcionam como gigantescos shoppings a céu aberto, espalhadas por diferentes pontos da capital chinesa.

A mais famosa de todas é a Wangfujing Street, onde você encontra de tudo: eletrônicos, cosméticos, roupas, bolsas, perfumes, itens de decoração, relógios e muito mais.

Você também encontrará muitas lojas e shoppings no bairro Sanlitun e nas ruas Qianmen e Xidan North Street.

Se você quer mesmo é comprar algumas antiguidades para levar para casa, é melhor visitar as lojas da Liulichang Culture Street ou os ateliês da região 798 Art Zone.

Encontre hotéis baratos em Pequim, China no ElQuarto!

O que você acha de encontrar hotéis baratos em Pequim, China, para conhecer a milenar capital chinesa sem comprometer suas finanças?

Visite agora mesmo o ElQuarto para encontrar promoções imperdíveis, preços exclusivos e várias comodidades para a sua hospedagem em qualquer destino do Brasil ou do mundo!

Você pode comparar ofertas, reservar quartos e até pagar suas diárias online, em reais, garantindo ainda mais economia para a sua viagem.

Faça uma cotação gratuita e descubra que é possível visitar a inesquecível Pequim sem pesar no bolso!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.