Sevilha: monte seu roteiro por esta e outras incríveis cidades espanholas!

27 mar 2022 • 9 minutos de leitura por danielcosenza

Montar um roteiro de viagem por Sevilha pode ser um desafio. Essa apaixonante cidade histórica da Espanha é repleta de atrações turísticas e culturais incríveis, o que requer certa organização do viajante.

Uma das cidades mais antigas da Península Ibérica, a capital da Andaluzia guarda tesouros milenares, incluindo construções do período da ocupação moura na região, heranças do Império Romano e muito mais!

Se você quer conhecer todas essas belezas, este artigo foi feito sob medida para você! Montamos um guia com tudo que você precisa saber para planejar a sua viagem. Veja só!

Sevilha: como fazer turismo na capital do flamenco?

Sevilha é uma cidade com credenciais impressionantes, que a colocam entre os destinos mais imperdíveis da Península Ibérica.

Não bastasse ser considerada a capital mundial do flamenco, a cidade é também conhecida por suas construções em estilo árabe andaluz, sua gastronomia e suas atrações históricas, que atraem milhões de visitantes todos os anos.

O Real Alcázar é a grande estrela local, reunindo vários palácios de diferentes períodos e estilos em um único complexo arquitetônico: lugar perfeito para mergulhar na história da Andaluzia!

Mas não fica apenas nisso! Você também poderá se encantar com a impressionante catedral, passar horas a fio explorando a Praça da Espanha, o Parque Maria Luisa e outros espaços ao ar livre, assistir apresentações de dança e muito mais!

A boa notícia é que as principais atrações estão próximas umas das outras, e com algum planejamento você poderá visitar praticamente tudo a pé!

Em que país se localiza a cidade de Sevilha?

Em que país se localiza a cidade de Sevilha?
Fonte: Pexels

A cidade de Sevilha é a capital da província homônima, na região da Andaluzia, no sul da Espanha, a apenas 156 km do Estreito de Gibraltar, que separa a Europa da África.

A capital espanhola, Madri, está a 530 km de distância, enquanto Barcelona fica a quase 1.000 km de distância.

Que tal aproveitar sua visita à cidade para conhecer outros destinos nas proximidades, como Málaga (200 km), Granada (250 km) ou até mesmo a região do Algarve, em Portugal, a menos de 200 km de distância?

Mapa da cidade de Sevilha, Espanha

Cortada pelas águas do rio Guadalquivir, a cidade é pouco maior que Aracaju, no Sergipe, e abriga quase 700 mil habitantes. 

Confira o mapa da cidade de Sevilha, Espanha!

Como ir de Madri a Sevilha?

É relativamente fácil viajar a Sevilha a partir de Madri: a capital espanhola oferece vários voos diários às principais cidades da Andaluzia.

Você pode, por exemplo, pegar um voo no Aeroporto de Madrid-Barajas até o Aeroporto de San Pablo e finalizar o trecho de 12 km até o centro histórico de carro, ônibus ou trem.

As passagens aéreas para a Espanha mais baratas estão no buscador Passagens Promo, que te ajuda a identificar o momento mais econômico para viajar. 

Aproveite para acionar o alerta de preços para não perder nenhuma promoção para o destino que você procura!

Quem já está na Europa e deseja concluir a viagem até a capital do flamenco por terra tem várias opções à disposição.

As estações rodoviárias Prado de San Sebastián e Plaza de Armas recebem ônibus de Madri e diversos destinos, até mesmo de Portugal. 

Se você prefere viajar pelos trilhos, pode pegar um trem em Madri, Barcelona, Córdoba ou Granada e desembarcar na Estação Santa Justa.

De carro, a viagem a partir de Madri dura cerca de 5 horas e é feita pelas rodovias Autovía del Suroeste e A-66.

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Como é o inverno em Sevilha?

Como é o inverno em Sevilha?
Fonte: Pixabay

Embora a Península Ibérica seja conhecida pelas condições climáticas menos rigorosas em comparação a outras regiões da Europa, vale a pena ficar de olho no calendário antes de marcar sua viagem.

A capital da Andaluzia tem invernos severos, com temperaturas mínimas em torno de 6ºC e céu encoberto de setembro a março.

Embora algumas atrações fechem as portas nessa época do ano, com um bom agasalho é possível curtir a maioria dos pontos turísticos, com duas grandes vantagens: preços mais baixos e filas menores!

O verão andaluz, por sua vez, é quente e seco, com termômetros acima dos 35ºC e sensação térmica ainda maior, o que pode gerar algum desconforto durante passeios ao ar livre.

Além disso, como o verão é também o período de férias na Europa, prepare-se para encontrar ruas, hotéis, restaurantes e atrações turísticas cheios.

Em contrapartida, a estação mais quente do ano é marcada por dias mais longos e estabelecimentos com horário de funcionamento estendido.

Por essas e outras, coloque os prós e os contras de cada estação na ponta do lápis antes de escolher a data ideal para visitar a cidade!

Sevilha: onde se hospedar na cidade?

Sevilha, Espanha, não oferece muitas opções de regiões para hospedagem. Os melhores hotéis estão no centro e seus arredores, a melhor área para ficar na cidade.

Por isso, se você quer ficar a uma caminhada de distância dos principais atrativos turísticos, restaurantes e lojas, é melhor se hospedar no centro histórico ou nos bairros de La Macarena e Santa Cruz, vizinhos à região central.

Como essas áreas da cidade abrigam a maioria dos hotéis, é possível encontrar opções de hospedagem em diferentes faixas de preço.

A região de La Cartuja é a mais moderna e oferece muitas comodidades ao viajante, embora fique mais distante das atrações históricas e, por isso, seja menos charmosa em comparação aos bairros centrais.

Para conhecer melhor a cultura flamenca andaluz, a melhor alternativa é ficar no bairro de Triana, na margem oposta do rio Guadalquivir, onde ficam os melhores bares de flamenco da cidade.

Hotel barato em Sevilha no ElQuarto!

Hotel barato em Sevilha no ElQuarto!
Fonte: Hotel Melia Lebreros

Se você está procurando um hotel barato em Sevilha, não deixe de visitar o buscador, ElQuarto, referência em hospedagem com economia

Nossa plataforma concentra milhares de acomodações nos principais destinos turísticos da Espanha e do mundo a preços exclusivos, incluindo opções com cancelamento grátis.

Você pode até utilizar diferentes filtros para turbinar sua pesquisa de preços e pagar suas diárias online, em reais, sem incidência de IOF.

Faça uma cotação gratuita agora mesmo para descobrir que visitar a Andaluzia pode sair muito mais barato do que você imagina!

O que fazer em Sevilha

Seja em viagens mais curtas ou mais longas, a capital da Andaluzia é um destino formidável, com opções turísticas para todos os gostos.

Além de oferecer aos viajantes uma noite bastante animada, a cidade abriga construções históricas, pontes, mirantes e jardins, belas praças, bons museus e muitas outras atrações!

Confira o que visitar em Sevilha!

Real Alcázar

Real Alcázar
Fonte: Pixabay

Palácio real mais antigo de toda a Europa, o Real Alcázar é uma atração imperdível em qualquer passeio pela Andaluzia.

Tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em 1987, a construção tem mais de 1.000 anos de história e segue muito bem preservada.

Ali viveram reis católicos, árabes e mouros, desde meados do século X, além de ter sido o cenário do casamento de Carlos V e Isabel de Portugal.

As riquezas da construção estão nos mínimos detalhes, como nas paredes cobertas por mosaicos desenhados, enquanto seus longos corredores levam a jardins de beleza ímpar.

Durante o seu passeio, não deixe de visitar o Pátio das Donzelas, um dos cenários mais românticos do local.

Praça da Espanha

Em uma cidade fundada por volta do século XIII a.C., como a capital da Andaluzia, uma praça com menos de 100 anos de história pode não parecer tão impressionante. 

No entanto, a “pouca” idade da Praça da Espanha não a torna menos interessante. Pelo contrário, estamos falando de um dos cantinhos mais apaixonantes de toda a cidade!

Inaugurada em 1928, a praça é uma das melhores opções de passeios gratuitos pela capital do flamenco, onde você poderá conhecer construções em estilo tradicional andaluz e até um rio artificial por onde é possível navegar em gôndolas românticas.

Muitos artistas aproveitam o movimento constante de turistas na praça para apresentar seus dotes, como música, pintura, dança e muito mais.

Em outras palavras, uma boa oportunidade para conhecer mais sobre a cultura andaluz sem pagar caro por uma apresentação em uma casa noturna!

Catedral de Sevilha

Você sabia que fica em Sevilha a catedral mais antiga da Espanha e a terceira mais antiga do mundo

A Catedral de Santa Maria da Sede é uma atração que não pode ficar fora do seu roteiro!

A igreja começou a ser construída em 1401 em estilo gótico, no exato ponto em que ficava uma das principais mesquitas da cidade.

Hoje tombada como Patrimônio da Humanidade, a catedral é o endereço do túmulo de Cristóvão Colombo e abriga um rico acervo com joias, imagens sacras, obras de arte originais e muitos outros tesouros.

Fica na catedral, ainda, um dos principais atrativos da cidade, La Giralda, o antigo campanário e um dos principais mirantes da Andaluzia: um dos últimos pedaços da antiga mesquita que segue de pé até hoje.

A Catedral de Santa Maria da Sede é um dos pontos turísticos mais disputados de toda a cidade. Por isso, adquira seus ingressos antecipadamente e chegue cedo para evitar filas.

Metropol Parasol

Metropol Parasol
Fonte: Pixabay

Também conhecido como Setas de Sevilha ou Cogumelos da Encarnación, o Metropol Parasol é uma das obras mais modernas e curiosas de toda a cidade, assinada pelo alemão Jürgen Mayer-Hermann.

Trata-se da maior estrutura em madeira do mundo, de onde é possível contemplar a cidade de um ponto de vista privilegiado: no segundo e no terceiro andar existem terraços panorâmicos e bons restaurantes.

Além disso, você pode aproveitar seu passeio para conhecer o Antiquarium, um museu subterrâneo que guarda mosaicos do período do Império Romano.

Parque Maria Luisa

Nem só de atrações históricas vive a capital andaluz. Você também encontrará espaços ao ar livre bastante agradáveis, como o Parque Maria Luisa.

A reserva protege 34 hectares de mata às margens do rio Guadalquivir, bem no centro da cidade, com entrada gratuita.

O parque abriga, ainda, dois bons museus e a Praça da Espanha: atrações suficientes para encher um dia inteiro de viagem.

Museu do Flamenco

Conta a história que foi na capital da Andaluzia, no século XVI, que nasceu o flamenco, hoje considerado símbolo da Espanha. Por isso, nem pense em voltar para casa sem visitar o Museu do Flamenco!

Único museu do tipo do mundo, o Museu do Flamenco fica em um edifício do século XVIII construído sobre as ruínas de um templo romano.

A construção fica no alto de uma colina e oferece vista privilegiada da cidade, além de abrigar uma adega em estilo abobadado, um belo pátio e várias inscrições em suas paredes.

Diariamente, o museu oferece apresentações de flamenco de artistas renomados: uma alternativa para conhecer mais sobre a dança sem pagar caro em uma das casas noturnas da cidade!

Mercado de Triana

Mercado de Triana
Fonte: Anual / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Pertinho da Ponte de Triana fica o histórico Mercado de Triana, o melhor lugar da cidade para experimentar a saborosa gastronomia espanhola.

O mercado fica em uma vizinhança particularmente agradável, cercada por construções históricas e belos jardins.

Aproveite para conhecer a antiga Igreja de Santa Ana e as tradicionais Casas de cerâmica de Triana, listadas entre as mais antigas do mundo.

O seguro viagem é obrigatório para a Espanha!

Você não poderá conhecer as belezas da Andaluzia sem um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros: o item é obrigatório para turistas que visitam a Espanha e diversos outros destinos europeus.

Por isso, antes de embarcar para a sua viagem é indispensável visitar o site Seguros Promo para encontrar seu seguro viagem para a Europa pela melhor oferta do mercado.

O viajante só precisa digitar o destino e as datas da viagem para acessar as melhores ofertas das principais seguradoras do mundo, além de ter acesso a uma exclusiva ferramenta de comparação detalhada de seguro viagem.

Assim vai ficar fácil garantir cobertura médica e odontológica, seguro bagagem, auxílio farmacêutico, traslado médico, seguro por morte ou invalidez, retorno antecipado e vários outros serviços!

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

Quantos dias são necessários para conhecer Sevilha?

Decidir quantos dias ficar em Sevilha vai depender diretamente da quantidade de atrações que deseja visitar durante a sua estadia.

A maioria dos pontos turísticos da cidade está concentrada no centro histórico, o que significa que é possível conhecer tudo a pé em apenas dois ou três dias.

Se você quer viver uma experiência mais imersiva na cidade, com direito a noites em casas noturnas, boates e bares de flamenco, é melhor reservar a partir de quatro dias para a sua estadia.

O que fazer em Sevilha em 3 dias?

Não é difícil encontrar o que fazer em Sevilha em 3 dias. Pelo contrário, existem tantas atrações à sua espera, que a melhor alternativa é planejar cuidadosamente seu roteiro de viagem para não deixar nada para trás.

No primeiro dia, concentre seus passeios no centro histórico, como a catedral da cidade, a Praça da Espanha e o Parque Maria Luisa.

No dia seguinte, você vai precisar de várias horas para explorar o Real Alcázar

Depois do passeio, vá para o Metropol Parasol e um dos bons museus locais, como o Arquivo Geral das Índias.

Por fim, dedique seu último dia para caminhar sem pressa pelo bairro de Triana, assistir a um bom show de flamenco e experimentar os pratos típicos da cidade.

Os melhores hotéis de Sevilha estão no ElQuarto!

Você pode encontrar os melhores hotéis de Sevilha ou qualquer outro destino sem sair de casa. É só fazer sua pesquisa com o ElQuarto!

O ElQuarto reúne hotéis, pousadas e resorts com preços imperdíveis e muitas opções com cancelamento grátis para garantir o máximo de comodidade possível à sua viagem.

É possível até pagar as diárias online, em reais, com praticidade, segurança, economia, e sem a incidência de IOF!

Faça uma simulação gratuita para descobrir que visitar as cidades históricas da Espanha e da Península Ibérica pode sair muito mais em conta do que você imagina!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.