Bolonha: aproveite dos melhores pontos turísticos e gastronômicos!

25 mar 2022 • 10 minutos de leitura por danielcosenza

Em um país conhecido por sua excepcional cozinha, Bolonha se orgulha de ser um dos principais polos gastronômicos italianos.

Por essas e outras, poucos lugares no mundo são capazes de oferecer uma experiência inesquecível à mesa como esse apaixonante destino da Itália.

Mais que boa comida, você poderá conhecer em uma história milenar, que se confunde com a da Europa, e em cenários dignos de cinema, com direito a fortalezas medievais e até a universidade mais antiga do mundo!

Venha conhecer tudo que a cidade tem a oferecer no nosso guia completo sobre Bolonha: como chegar, quando visitar, onde ficar, o que fazer e muitas outras dicas imperdíveis!

Bolonha: o que fazer na cidade italiana?

As credenciais da cidade de Bolonha, Itália, são simplesmente impressionantes. Afinal, foi ali que nasceram o molho bolonhesa, a lasanha, e a universidade mais antiga do planeta, fundada há mais de 2.000 anos!

Apenas essas curiosidades já seriam o suficiente para justificar uma visita à cidade, mas não fica só nisso: ali, você encontrará mais de 40 km de ruas cobertas por pórticos medievais, bem como castelos, palácios e praças com séculos de história.

Achou pouco? Então você vai gostar de saber que o calendário local é uma atração por si só, recheado de eventos de grande importância mundial.

A lista inclui um dos melhores festivais de jazz da Europa, o Festival de Cinema Lanterne Cinesi, o Nerd Show e até o Festival Brasiliano, dedicado à cultura brasileira.

O melhor de tudo é que todas essas atrações ficam em uma localização privilegiada, pertinho de outros destinos incríveis que podem ser visitados num bate-volta, como Florença, Veneza e Milão!

Em que país se encontra a cidade de Bolonha?

Em que país se encontra a cidade de Bolonha?
Fonte: Pixabay

Bologna é a capital da Emilia-Romagna, uma região com grande importância histórica localizada no norte da Itália.

A cidade fica a 375 km da capital, Roma, e ainda mais perto de outros destinos italianos badalados, como Milão (215 km), Veneza (155 km), Florença (120 km) e Gênova (290 km).

Aliás, quem nasce na Bolonha é bolonhês ou bolonhesa, como o famoso molho que teve origem por lá!

Bolonha, Itália: mapa

A cidade, que tem grande importância desde o período do Império Romano, fica no norte italiano e abriga inúmeras atrações incríveis, além de alternativas de passeios em outras cidades da região. 

Confira onde fica Bolonha no mapa da Itália!

Como ir para Bolonha?

O viajante tem algumas opções pela frente na hora de escolher como chegar à cidade, mas a alternativa mais prática é desembarcar no Aeroporto Guglielmo Marconi, a pouco mais de 6 km do centro da cidade.

A cidade também está conectada a diversos destinos italianos, como Milão, Florença e Roma, por uma eficiente rede de transporte que inclui trens da rede Trenitalia, ônibus e estradas muito conservadas.

Você pode encontrar passagens para Bolonha, Itália, mais baratas no site de buscas Passagens Promo, referência em economia de passagens aéreas.

Basta procurar a aba de pesquisa e digitar as cidades de origem e destino, bem como as datas da viagem. Em seguida, é só clicar em “pesquisar” e escolher a melhor oferta para a sua viagem!

O viajante pode até incluir seu e-mail no alerta de preços para ficar por dentro de todas as promoções para o destino que procura!

Compre passagens aéreas a preços promocionais neste link!

Quando ir para Bolonha, Itália?

Quando ir para Bolonha, Itália?
Fonte: Pixabay

Estamos falando de uma cidade que pode ser visitada em qualquer época do ano, embora algumas datas sejam mais indicadas para turismo do que outras, especialmente por conta do frio.

Apesar de ser a data mais barata, o inverno bolonhês é gelado e pode ter temperaturas de até 0ºC, o que afugenta turistas e culmina no fechamento de restaurantes, hotéis e até alguns atrativos turísticos.

Para evitar contratempos, a maioria dos turistas opta por visitar a cidade em meses mais quentes, especialmente de março a outubro (com auge do movimento entre julho e agosto), quando os termômetros chegam a 30ºC.

Caso você queira conhecer a cidade nesse período, prepare-se para encontrar preços mais salgados, pois as temperaturas elevadas atraem muitos turistas e, por isso, o preço dispara.

A boa notícia é que você não precisa se preocupar com a chuva, pois mesmo nos meses mais úmidos (abril e maio) costuma chover pouco na cidade.

Onde ficar em Bolonha?

Bolonha não é uma cidade grande (tem pouco mais de 140 km² de área), o que acaba facilitando a vida do turista na hora de escolher onde ficar.

A melhor região para hospedagem é o centro histórico, especialmente nos arredores de ruas como Ugo Bassi e Via Farini, nos arredores da Piazza Maggiore, onde ficam as atrações mais famosas da cidade.

Além de garantir que você estará a uma caminhada dos pontos turísticos mais badalados, o centro histórico também dispõe de uma robusta rede de hospedagem, incluindo estabelecimentos mais econômicos.

Você também encontrará hotéis mais modernos na região universitária, ou nos arredores da estação ferroviária, região preferida de quem deseja explorar cidades vizinhas.

Em contrapartida, quem fica nessas regiões precisa desembolsar mais com deslocamentos até o centro histórico, então coloque os gastos com diárias e transporte na ponta do lápis antes de bater o martelo sobre sua hospedagem!

Encontre hospedagens em Bolonha em promoção!

Encontre hospedagens em Bolonha em promoção!
Fonte: Hotel Il Guercino

Você pode encontrar hospedagens a preços promocionais na Europa e em qualquer outro canto do mundo sem abrir mão da comodidade: é só fazer sua pesquisa no buscador ElQuarto!

Nossa plataforma te ajuda a encontrar o hotel perfeito para sua viagem a um preço que cabe no seu bolso em poucos cliques: basta digitar a cidade que você vai visitar, selecionar as datas da sua estadia e escolher a melhor oferta.

O viajante consegue reservar hotéis e pousadas com cancelamento gratuito e pagar as diárias pelo site, em reais, sem cobrança de IOF.

Faça uma cotação gratuita agora mesmo e descubra que visitar a milenar capital da Emilia-Romagna pode sair mais barato do que você pensa!

O que fazer em Bolonha, Itália

Coloque um calçado confortável na mala para conhecer uma das cidades mais apaixonantes da Itália, com atrações espalhadas por todos os cantos!

Vem descobrir o que conhecer em Bolonha!

Piazza Maggiore 

O coração bolonhês fica na Piazza Maggiore, no centro histórico da cidade, onde ficam os atrativos locais mais famosos, como a Fonte de Netuno, a Biblioteca Salaborsa e vários palácios.

A praça foi construída em 1564 e desde então se tornou em um importante ponto de encontro entre moradores e viajantes, especialmente pelos excelentes bares e restaurantes instalados nos seus arredores.

Piazza del Nettuno 

Piazza del Nettuno
Fonte: Robertoderosa87 / Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Pertinho da Piazza Maggiore fica outra belíssima praça bolonhesa, a Piazza del Nettuno, batizada em referência à espetacular Fonte de Netuno instalada ali desde 1564.

A fonte foi projetada por Giambologna, um dos grandes gênios do Renascentismo Italiano, e é considerada um dos maiores símbolos da cidade, tendo sobrevivido até mesmo aos violentos bombardeios das Primeira e Segunda Guerras Mundiais.

A peça apresenta estátuas em bronze do deus dos mares na mitologia romana e diversos animais marinhos e figuras fantásticas, como sereias.

Palazzo dell’ Accursio 

Uma das construções bolonhesas mais monumentais é o Palazzo dell’ Accursio, um fantástico exemplar arquitetônico que reúne traços de diferentes períodos, incluindo o Império Romano.

Também conhecido como Palazzo Comunale, a construção é o endereço da Biblioteca Salaborsa, bem como de torres datadas da Idade Média e várias ruínas da era renascentista.

O Palazzo dell’ Accursio se destaca no panorama urbano bolonhês, pois seu Relógio da Torre e a estátua de bronze do papa Gregório XIII podem ser avistados de diferentes pontos da cidade.

Além disso, é no palácio que está instalada a Prefeitura de Bologna, desde 1336. Ou seja, é uma atração que não pode ficar de fora do seu roteiro de viagem!

Universidade de Bolonha 

Mais antiga universidade do mundo, a Universidade de Bolonha é referência em educação desde sua inauguração, no século I.

Oficialmente chamada Università di Bologna, a instituição está em pleno funcionamento até hoje e conta com nada menos que 80 mil estudantes.

No campus, você encontrará vários edifícios com vários séculos de história, como o Palazzo Dell`Archiginnasio, que sobreviveu a bombardeios na Segunda Guerra Mundial, a Biblioteca Archiginnasio e o milenar Teatro Anatômico.

Vale a pena se organizar para fazer a visita guiada ao campus, com duração estimada de 2h30, para aprender mais sobre a rica história do lugar.

Torres de Bolonha 

Torres de Bolonha
Fonte: Juan Antonio Segal / Flickr / CC BY 2.0

Durante a Idade Média, assim como boa parte das grandes cidades europeias, Bolonha era protegida por uma robusta muralha repleta de torres para vigia.

Embora boa parte dessas torres tenha sucumbido, algumas das estruturas seguem de pé até hoje e podem render passeios incríveis, como as torres Degli Asinelli e Garisenda.

Na Torre Degli Asinelli você encontra um terraço panorâmico com vista da cidade no alto de quase 500 degraus, enquanto a Torre Garisenda é mais inclinada que a Torre de Pisa e, por isso, só pode ser apreciada do lado de fora.

Basílica de São Petrônio 

Que tal continuar o seu roteiro bolonhês por uma das maiores igrejas do mundo? Apesar de ter sido construída no século XIV, a Basílica de São Petrônio ostenta esse título até hoje e tem capacidade para até 28 mil fiéis.

No projeto original, a construção em estilo gótico deveria ser maior que a própria Basílica de São Pedro, no Vaticano, mas a obra acabou nunca concluída e parte considerável da estrutura ficou exposta, com tijolos à mostra.

Mesmo inacabada, a basílica é uma das atrações mais imperdíveis da cidade até mesmo para quem não é religioso, graças a sua imensa importância histórica e arquitetônica.

Palazzo Re Enzo 

Você pode aproveitar seu roteiro pela cidade para conhecer o maior sino de toda a Emilia-Romagna, localizado no imponente Palazzo Re Enzo, uma das joias do centro histórico.

Construído no começo do século XIII, o palácio ganhou um gigantesco sino dedicado a alertar o povo da cidade em caso de emergência.

Embora o Palazzo Re Enzo seja bastante bonito, destacando-se no cenário urbano com seus tijolos vermelhos, ele não foi originalmente concebido para ser um palácio, e sim um anexo do vizinho famoso, o Palazzo del Podestà.

Palazzo del Podestà 

Principal construção da praça mais famosa da cidade, a Piazza Maggiore, o Palazzo del Podestà foi erguido no século XII para se tornar sede dos principais órgãos públicos da cidade, como o tribunal e a prefeitura.

A construção de fato exerceu essa função até a Segunda Guerra Mundial, quando acabou parcialmente destruída pelos intensos bombardeios que caíram sobre a cidade, mas foi completamente restaurado e está em uso até hoje.

As principais instalações do palácio foram convertidas em escritórios, mas a visitação pública ainda é permitida.

Durante seu passeio, não deixe de conhecer a curiosa sala Voltone Podestá, cuja acústica é considerada perfeita: o visitante pode sussurrar palavras em um canto e ser ouvido do outro lado da sala.

Onde comer em Bolonha, Itália?

Onde comer em Bolonha, Itália?
Fonte: Pixabay

Escolher onde comer em Bolonha, Itália, não é tão fácil quanto parece. Afinal, a capital gastronômica do país é cheia de restaurantes, cantinas e bares que servem pratos extremamente saborosos.

Ao mesmo tempo, isso quer dizer que é praticamente impossível comer mal em Bologna: até mesmo os menores e mais modestos restaurantes servem verdadeiros manjares a preços justos!

O centro histórico concentra a maior quantidade de restaurantes, bistrôs e cantinas, com destaque para os premiados Osteria dell’Orsa, Pizzeria da Totò e Mò Mortadella Lab, especializado em gastronomia contemporânea.

Caso você queira experimentar sanduíches com o típico toque italiano, você pode gostar do Bonelli Burgers, do Breaking Toast ou do descontraído Pan8.

Se a sua intenção é mergulhar na cozinha mediterrânea e saborear frutos do mar frescos, você pode se apaixonar pelo Al Sangiovese e pelo Cuoco di Latta.

O seguro viagem é obrigatório para a Itália

Antes de fazer suas malas para conhecer a capital da Emilia-Romagna, você não pode se esquecer de contratar um bom seguro viagem, obrigatório para viagens à Itália e à maioria dos países europeus.

Além de atender a uma exigência das autoridades locais, o seguro viagem garante várias coberturas importantes para o viajante, como assistência médica, auxílio farmacêutico, seguro por morte ou invalidez, seguro bagagem e muito mais.

Você pode contratar seu seguro viagem Europa mais barato no site de buscas Seguros Promo, o melhor amigo do viajante prevenido!

O Seguros Promo disponibiliza gratuitamente uma ferramenta comparadora detalhada que te ajuda a escolher o melhor seguro para o seu perfil de viajante, além de garantir preços imbatíveis.

Cote seu seguro de viagem com 15% de desconto aqui!

Quanto tempo para conhecer Bolonha?

Bologna definitivamente não é uma das maiores cidades da Itália, mas não se engane: são tantas atrações concentradas no centro histórico que você provavelmente não vai conseguir conhecer tudo em um só dia.

Quanto mais tempo você passar na cidade, mais lugares incríveis poderá visitar.

As atrações do centro histórico podem ser visitadas em dois ou três dias, mas você precisará de mais alguns dias de viagem para conhecer os arredores da cidade ou até mesmo as vinícolas vizinhas.

O que fazer em Bolonha em 3 dias?

Se você está pensando em passar cerca de meia semana na cidade, poderá visitar boa parte dos pontos turísticos mais famosos.

Afinal, não é difícil encontrar o que fazer em Bolonha em 3 dias, especialmente se você montar um planejamento cuidadoso antes disso.

Dedique o primeiro dia de viagem às atrações nos arredores da Piazza Maggiore: tem tanta coisa para visitar por ali, que talvez um dia só nem seja o suficiente, como os palácios dell’Accursio, Re Enzo e del Podestà.

No segundo dia, visite as atrações mais distantes do centro histórico, mas ainda assim próximas umas às outras, como a Università di Bologna, a Pinacoteca da cidade e as torres Degli Asinelli e Garisenda.

Por fim, no terceiro dia de viagem, que tal explorar a natureza local? Você pode conhecer o Parque della Montagnola, principal área verde próxima ao centro histórico, ou a La Piazzola di Bologna, que oferece vista dos canais bolonheses.

Descubra os melhores hotéis em Bolonha no ElQuarto!

O que você está esperando para reservar sua hospedagem em Bolonha e começar a planejar seu roteiro de viagem?

Visite agora mesmo o ElQuarto para encontrar acomodações confortáveis a preços exclusivos, incluindo hotéis, pousadas, hostels e resorts com cancelamento grátis, nos principais destinos do Brasil e do mundo.

Para garantir ainda mais comodidade e economia à sua viagem, o ElQuarto possibilita até o pagamento das diárias online e em reais, sem incidência de IOF.

Faça uma simulação gratuita para conhecer as belezas de Bolonha sem pesar no bolso!

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.