O que fazer em São Paulo: conheça onde ir turistar de dia, à noite ou com chuva

04 out 2021 • 9 minutos de leitura por danielcosenza

Quer saber o que fazer em São Paulo para não ficar de bobeira e aproveitar a estadia na cidade? Então vem com a gente que vamos te mostrar um monte de coisas legais sobre o destino.

A cidade mais rica do Brasil, é também a que tem mais opções de diversão e, talvez, de atrações turísticas. São Paulo é um ótimo exemplo do que é uma metrópole.

Movimentada em qualquer hora do dia ou da noite, a terra da garoa é um epicentro de produção artística, movimentos de rua e zonas boêmias espalhadas por suas ruas de tráfego intenso.

Neste texto, vamos falar sobre o que fazer em São Paulo e como se divertir enquanto conhece esse lugar cheio de vida e história. Acompanhe no texto. 

O que fazer em São Paulo: melhores bairros e atrações!

A terra das oportunidades no Brasil, é também a cidade da diversão. A Rua Augusta, por exemplo, é uma das mais famosas do país por seus “barzinhos” super movimentados durante o happy hour.

E ninguém fica imune aos encantos da arquitetura antiga que alguns bairros de São Paulo exibem, como é o caso do Bexiga, Vila Madalena e Pinheiros

Sem contar as inúmeras obras pós-modernas que dão à cidade uma identidade própria e ímpar.

Onde fica a cidade de São Paulo?

Onde fica a cidade de São Paulo?
Fonte: Pexels

São Paulo fica na região sudeste do Brasil e faz divisa com Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Paraná. 

A cidade fica relativamente próxima ao litoral: um voo saindo do Rio de Janeiro para a terra da garoa, por exemplo, não vai gastar mais que 40 minutos para chegar.

São Paulo também é o principal centro financeiro do país e da América Latina, além de ser a cidade mais populosa de todo o hemisfério sul.

Quando ir para São Paulo?

O sudeste brasileiro não tem um clima muito rigoroso ao longo do ano, mas no inverno a temperatura na cidade costuma chegar aos 10ºC, e até menos, com certa frequência.

Quem gosta do “friozinho”, vai adorar andar pelas ruas para escolher um barzinho ou um restaurante onde jantar, tomar um drinque e se aquecer.

O verão é tão legal quanto o inverno em São Paulo. As pessoas vão aos parques, e os mais animados “descem” em direção a Santos, no litoral, para surfar e se refrescar nas praias.

A cidade também é famosa por receber visitantes de todas as partes do país, para participarem dos festivais de música e shows grandiosos realizados nos estádios.

Se você gosta de um clima mais ameno, aposte nos meses correspondentes às estações de transição: outono, entre março e junho, e primavera, entre setembro e dezembro.

Onde ficar em São Paulo   

Onde ficar em São Paulo
Fonte: Hotel Transamerica Executive Paulista

Se você quer realmente conhecer a cidade e aprender o que fazer em São Paulo, não dá para se hospedar em qualquer lugar. A capital é enorme, então procure as regiões mais centrais.

Dessa forma, você não vai perder tempo se deslocando. O trânsito em alguns horários é impraticável e o transporte público, por melhor que seja, fica simplesmente abarrotado de usuários.

Por isso, elegemos os melhores lugares para você se hospedar bem, e ainda ficar pelas redondezas de excelentes pontos para turistar.

Avenida Paulista e região

Localizada no “espigão”, a região mais elevada da cidade de São Paulo, a avenida Paulista é a mais importante da cidade, e tem 2,8 km de extensão. É onde fica o MASP (Museu de Arte de São Paulo) e outros edifícios icônicos.

Considerada um dos principais pontos financeiros do país, é repleta de sedes de grandes empresas, shoppings e lojas. E assim é também o seu entorno.

Foi inaugurada ainda no século XIX, no ano de 1891. Desde então, é berço de manifestações culturais, artísticas e políticas, tendo sido palco de muitos eventos históricos importantes.

Jardins

Um dos bairros mais queridos dos paulistanos, é repleto de lojas e bares alternativos, além de excelentes opções de acomodação.

Muitos brasileiros vão a São Paulo para fazer compras. A variedade de mercadorias na cidade é infinitamente maior do que em outros lugares mais afastados

Se esse for o seu caso, o Jardins é um excelente ponto estratégico para encontrar produtos específicos.

A Galeria Ouro Fino, por exemplo, é super diversificada e perfeita para quem procura por roupas, sapatos e acessórios. 

A Livraria da Vila também merece uma visita, existe há mais de 30 anos e também promove eventos no local.

Pinheiros e Vila Madalena

Pinheiros e Vila Madalena
Fonte: Hotel Selina Madalena

Pinheiros é um bairro divertido da zona oeste. Você pode visitar os parques, lojas, restaurantes de chefs condecorados e os tradicionais barzinhos que, durante a noite, ficam lotados.

Para chegar em Pinheiro é bem simples, você pode ir de metrô ou ônibus. São várias linhas abastecendo o bairro, o que deixa a região ainda mais movimentada.

A praça Benedito Calixto recebe uma feira aberta todos os sábados. Vale a pena conhecer!

O Mercado Municipal de Pinheiros é um ótimo lugar para comprar frutas e verduras, caso se hospede na região.

A Vila Madalena é conhecida por ser um tradicional reduto boêmio, e um dos bairros mais legais da cidade. Se tinha alguma dúvida sobre o que fazer em São Paulo, agora não tem mais.

Este bairro também está na zona oeste da cidade, e é muito procurado pelos jovens e viajantes descolados. 

Se for a São Paulo e não fizer uma foto no Beco do Batman, vai ter que voltar para corrigir o erro!

Itaim Bibi e Vila Olímpia

Localizados na zona sul, estes são lugares sofisticados, principalmente Itaim Bibi. Gosta de culinária francesa, japonesa, chefs famosos e ambientes exclusivos? Então, você vai adorar essa região.

Encontrar acomodações para níveis altos de exigência não será difícil. Mesmo que alguns preços sejam mais salgados, se ficar de olho nas promoções, vai se surpreender com o custo benefício.

Paraíso e Vila Mariana

Vila Mariana e Paraíso são bairros residenciais, mas com infraestrutura suficiente para serem fortes candidatos a mais charmosos da cidade. 

E não é pra menos, a Cinemateca, o Parque Ibirapuera e o Museu de Belas Artes de São Paulo estão localizados pelas redondezas.

O Centro Cultural São Paulo fica no bairro Paraíso e oferece experiências para os apaixonados por arte: espetáculos de dança, teatro e música.

Uma suntuosa mansão dos anos 30 serve de sede para a Casa das Rosas. Um espaço dedicado a saraus literários, cursos e exposições. 

Os fãs de arquitetura e literatura não podem perder a chance de conhecer um lugar como esse.

Tá vendo que sempre tem o que fazer em São Paulo? É uma questão de saber procurar, concorda?

Encontre hotéis em São Paulo no ElQuarto!

Encontre hotéis em São Paulo no ElQuarto!
Fonte: Hotel Tulip Inn

Seja em Itaim Bibi ou Vila Madalena, não importa. Se você procurar pelo seu hotel em São Paulo no site do ElQuarto, vai receber ofertas surpreendentes! 

São milhares de acomodações pesquisadas e filtradas conforme as suas exigências.

Rapidamente você tem acesso aos melhores hotéis em São Paulo, mais próximos das atrações que procura!

Após encontrar sua hospedagem ideal, basta fazer a sua reserva e pagamento online, em poucos cliques e com toda a praticidade que você merece! 

Você ainda conta com uma equipe de atendimento sempre pronta para tirar qualquer dúvida ou auxiliar em alguma parte do processo. Fácil, né?

Viaje para São Paulo economizando! Pesquise no Passagens Promo!

O que fazer em São Paulo?

Conhecer novos lugares, pessoas e costumes diferentes do nosso é um privilégio, e em São Paulo a gama de possibilidades é imensa.

Confira alguns dos pontos turísticos de São Paulo!

Parque do Ibirapuera

Trata-se do maior parque de São Paulo. Seu cenário é lindo, com uma extensa área arborizada, que divide espaço com o lago Ibirapuera, com as fontes e com as pessoas que descansam sob as árvores. 

Em um fim de semana, cerca de 200 mil pessoas passam pelo parque Ibirapuera. Então, se possível, aproveite a visita em um dia mais tranquilo.

Liberdade

Liberdade
Fonte: Lubasi / Flickr / CC BY-SA 2.0

A origem do nome é quase poética: pode estar ligada à abolição da escravidão ou aos gritos de “liberdade” que alguém entoou em um dos tantos conflitos que a região já viu.

Em 1912, iniciou-se a chegada de japoneses ao bairro. Pouco mais de 20 anos após os primeiros orientais chegarem à Liberdade, a população de estrangeiros e descendentes já passava de 2 mil pessoas.

O grande Arco Vermelho da Liberdade marca o início da aventura. Parece que um novo mundo surge após ele, tudo é decorado com temas orientais, lojas, restaurantes e até algumas edificações têm por referência, o Japão.

A visita ao Museu Histórico da Imigração Japonesa é parada obrigatória no bairro. São mais de 9 mil itens doados ou emprestados pelas famílias dos primeiros imigrantes. 

Roupas, calçados, escritos, as famosas espadas katanas e couraças de guerreiros samurais são algumas das peças que você vai encontrar por lá. Realmente, é um pedacinho do oriente no Brasil.

Theatro Municipal

Foi inaugurado em 1911, e como era de se esperar, atendia às expectativas da época: importar os espetáculos que a elite europeia consumia naquele momento.

São Paulo crescia, e a alta sociedade da época exigia um edifício à sua altura. Então, no dia 12 de setembro de 1911, aconteceu a inauguração do edifício com a apresentação da ópera Hamlet.

A Semana da Arte Moderna, em 1922, foi abrigada no Theatro Municipal

O evento mudou os rumos da arte nacional para sempre e contou com a participação de nomes como: Heitor Villa Lobos, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, entre outros.

Se ficar na dúvida do que fazer em São Paulo, dá uma conferida na programação do Theatro Municipal. Sempre ocorrem apresentações de orquestras, grupos de balé, cantores e bandas.

O Theatro também oferece cursos de formação nas diferentes áreas artísticas.

Pateo do Collegio

Uma das construções mais antigas do país, o Pateo do Collegio (pátio do colégio) foi inaugurado ainda no século XVI, mais precisamente, em janeiro de 1554. 

Os fundadores europeus, que eram padres jesuítas, edificaram o pátio com a intenção de educar e evangelizar os indígenas da região. O Padre Manuel da Nóbrega e José de Anchieta estavam entre esses missionários.

Você pode aproveitar a visita e conhecer qualquer uma das construções adjacentes ao local como: o Café do Pátio, o Museu Anchieta de Arte Sacra, a biblioteca e muitas outras edificações.

A instituição pertence à Companhia de Jesus e os atuais organizadores promovem apresentações diversas no local.

Mercado Municipal

Mercado Municipal
Fonte: Portobay Hotels & Resorts / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

O Mercado Municipal está em um lindo prédio histórico que por si só já vale a foto. 

Inaugurado em 1933, o mercado é um ótimo lugar para turistar, passear e provar as delícias da culinária local.

O sanduíche de mortadela é um lanche tradicional do mercado, mas existem outras opções de pratos para degustar. 

A seção de frutas e peixes também é famosa na cidade, mas os preços são pouco convidativos, fica a dica.

Rua 25 de Março   

A rua 25 de março é para turista que gosta de tráfego intenso de pessoas. 

Fica no bairro da Sé, na região central de São Paulo. Trata-se do maior centro comercial da América Latina, com mais de 1 km de extensão dedicado ao atacado e varejo.

Caravanas saem de outros estados apenas para comprar mercadorias de todos os tipos da 25 de março. 

Os preços são absurdamente baratos, mas o passeio exige disposição para caminhar em meio a multidão e debaixo do sol quente.

O que fazer de diferente em São Paulo?   

Uma forte tendência em São Paulo são os bares rooftops, já ouviu falar? Com tantos arranha-céus na cidade, é de se admirar que a ideia ainda não tivesse “pegado”.

Resumindo, são bares e baladas localizados nas coberturas ou terraços de grandes prédios da cidade. É uma experiência surreal aproveitar a noite observando a capital lá do alto! 

O que fazer em São Paulo à noite?

O que fazer em São Paulo à noite?
Fonte: Pexels

Além dos bares rooftops, que são muito legais, as baladas de São Paulo dispensam maiores apresentações. 

A Lions Nightclub é moderna e oferece uma programação animada, o Club Yacht também é uma ótima pedida com sua temática náutica.

Ter o que fazer em São Paulo à noite não será um problema. Você pode aproveitar para conhecer bons restaurantes, cinemas e até mesmo assistir a uma partida de futebol em um dos vários estádios e arenas da capital.

O que fazer em São Paulo com chuva?

Isso vai depender do ânimo do turista. Uma noite de chuva pode ser perfeita para tomar um vinho em um restaurante das redondezas, ou mesmo ficar curtindo o conforto das acomodações do hotel.

Quer bater perna? Então você pode conhecer alguns dos inúmeros museus e galerias espalhados por toda a cidade.

Faça já a sua reserva de hotel em São Paulo!

Se encantou por São Paulo, não é mesmo? Então, chegou o momento de encontrar o quarto de hotel perfeito para você fazer uma viagem inesquecível.

Não perca tempo e compare ofertas de hospedagem em nosso site, ElQuarto, que oferece as melhores opções de acomodações em São Paulo e qualquer outro destino do mundo! 

Aqui no ElQuarto você ainda vai poder fazer as suas reservas e pagamento online, com todo conforto e segurança.

Compare e descubra que conhecer a terra da garoa pode sair mais barato do que você imagina! 

Modal LGPD Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies.
Para mais informações consulte nossa política de privacidade.